‘So Wassup?’ #32 | DJ Premier e a magia feita em ‘Classic’ com Rakim, KRS-One, Nas e Kanye West

Publicado pelo primeira vez em 16 de agosto de 2021, última edição em 20.04.22

0
616

Seguindo a sequência, que eu não quero que acabe nunca, onde DJ Premier revela segredos e conta histórias de algumas de suas principais produções, ele traz mais um grande clássico do Rap mundial. No episódio #32 ele fala sobre a faixa “Classic”, música que tem a participação de Rakim, Nas, Kanye West e KRS-One. A música original foi produzida por Rick Rubin e Premier conta que os próprios MCs não curtiram tanto o beat, a maior prova disso é que quase ninguém lembra dessa primeira versão. Confira ela abaixo:

Premier mostrou mais uma vez o quanto ele consegue melhorar uma música, seus remixes nos fazem esquecer as versões originais. A maioria é como se ele estivesse consertando a ramelada que alguém deu na versão original, como se os artistas pensassem – “pô, essa não ficou muito boa, quem pode consertar? Ah, chama o DJ Premier”. O Rick Rubin que me desculpe, mas nessa ai ele ramelou grandão, o remix do Preemo enterrou a versão dele, eu mesmo nem lembrava que essa versão existia.

Confira a versão do DJ Premier


Mais sobre a série

No início de agosto de 2021 DJ Premier começou em seu canal no YouTube a série de vídeos chamada ‘So Wassup?’, onde ele conta a história por trás de alguns clássicos produzidos por ele. Além de contar como a música foi construída, ele revela detalhes de estúdio, diálogos e acima de tudo mostra como a tecnologia da época influenciou na textura sonora que imortalizou tantos clássicos.

Inclusive o subtítulo do projeto é ‘Uma saudação ao disquete’, tecnologia que a geração atual não chegou a utilizar. Até o Bocada Forte tem conteúdo perdido em disquetes – por aqui ainda era usado no começo dos anos 2000, eram nossos pen drives.

www.centralhh.com.br
PUBLICIDADE

Ela já postou 30 episódios e começou com força total, logo de cara já escolheu a música “Come clean” do Jeru The Damaja, single do álbum ‘The Rises on The East’. No segundo episódio ele também não alisou, detalhou como foi o processo de construção da faixa “Unbelievable” de Notorius B.I.G, single do álbum ‘Ready to Die’. No terceiro episódio ele falou sobre a faixa “Da enemy”, clássico da D.I.T.C com Big L e Fat Joe.

No 4º episódio ele falou sobre um dos maiores clássicos do Gang Starr, a música “Mass appeal”. Lançada em fevereiro de 1994, ela foi o primeiro single do álbum ‘Hard To Earn’ e acabou se tornando uma das faixas de maior sucesso da dupla. Uma ironia do destino, já que a ideia da letra é uma sátira e também uma critica aos Raps que eram feitos para agradar a indústria.

bocadaforte.com.br/playlistbf
Ouça a nossa playlist oficial sempre atualizada!

No episódio 5 ele trouxe detalhes sobre “MCs act like they don’t know” do KRS-One, faixa do seu segundo álbum (KRS-One/1995). Assim como a maioria dos fãs do KRS eu já sabia algumas curiosidades, mas ter o próprio Premier falando sobre elas é diferente, esses registros estão sendo grandes aulas de como foram construídos os maiores clássicos da Golden Era.

No episódio 6, o mais longo até agora, Preemo detalhou a criação e o desafio que foi fazer a faixa “Represent” do Nas, lançada no clássico álbum ‘Illmatic’. A faixa já estava pronta, mas para o álbum Premier fez outro instrumental e manteve o vocal da mesma forma, em seus disquetes ele marcou essa nova versão como ‘remix’. O DJ e produtor não queria ficar pra trás, afinal entre os produtores do álbum estavam Pete Rock, Q-Tip e Large Professor.

No episódio 7 ele deu mais uma aula de como uma música construída em conjunto tem muito mais probabilidade de ser imortalizada em corações e mentes. Ele detalhou e revelou curiosidades da clássica “Return of the Crooklyn Dodgers”, faixa feita pra ser trilha do filme ‘Clockers (1995)’ de Spike Lee.

A reunião de Chubb Rock, OC e Jeru The Damaja foi o retorno porque em 1994, para o filme ‘Crooklyn’, Q-Tip produziu a faixa “Crooklyn” com Special Ed, Masta Ace e Buckshot. O que todos os MCs tem em comum é serem moradores do Brooklyn. Em 2007 o DJ e produtor 9th Wonder fez a sua versão, reunindo Jean GraeMos Def Memphis Bleek na música “Brooklyn in My Mind”.

A sequência dos vídeos 8, 9, 10 mostram o quanto Premier é versátil e pode trabalhar com os MCs mais zica e também com cantores e cantoras de R&B sem perder a sua originalidade. Nessa sequência ele conta como foi fazer as seguintes faixas: “Lady (remix)” do D’Angelo, “Together again (remix)” da Janet Jackson e “It’s been a long time” do Rakim.

No episódio 11, e pela primeira vez na série, ele detalhou como foi fazer a faixa “Take it personal” do Gang Starr. Seu engenheiro de som o aconselhou a deixar de lado a SP1200 e usar a MPC60 para fazer os beats, mas ele disse que usaria na última faixa a SP e foi justamente nessa faixa que ele fez isso. Essa música está no terceiro álbum deles, o ‘Daily Operation’, ouça o álbum completo e você vai perceber a diferença dessa faixa para as outras, quando falamos sobre ‘peso e sujeira’, é sobre isso (leia mais aqui).

No episódio 12 ele contou a história de como foi produzir a faixa “N 2 getter now” do Limp Bizkit, com participação do Method Man, e o quanto ela foi lucrativa. No episódio mais recente, o de número 13, ele não falou muito sobre como foi produzir a faixa. Como ele falou da música “Livin’ proof”, que dá título ao álbum do Group Home, ele ressaltou o quanto esse álbum é importante para a história do Rap, para sua carreira e também para a Gang Starr Foundation. Contou histórias sobre a crew, falou dos integrantes e contou histórias sobre Lil’ Dap e Melachi the Nutcracker, ambos do Group Home.

No episódio 14 ele traz mais um grande clássico e como ele mesmo diz, um dos mais importantes da sua carreira, a música “Boom” (1999). A parceira originalmente seria com a dupla Capone-N-Noreaga, mas Royce convenceu Premier a fazer a música com ele. Mesmo tendo sido lançada em 1999, ela foi o primeiro single do álbum ‘Rock City’ de 2002, o álbum de estreia de Royce. Em 2014 eles lançaram o primeiro álbum juntos com o nome PRhyme, em 2018 repetiram a dose e lançaram mais um álbum do mesmo projeto.

A partir daí Premier veio numa sequência de sucessos dignos de estarem em qualquer Mixtape dos grandes DJ, entre essas músicas estão: D&D All Stars“1,2 pass it” faixa em que rimam Mad Lion, Doug E Fresh, KRS One, Fat Joe, Smiff N Wessun e Jeru The Damaja, Gang Starr“ALONGWAYTOGO” (Poetic Justice), Das EFX – “Real Hip Hop”, The L.O.X – “Recognize”, Fat Joe“The shit is real” (remix) e muito mais.

No episódio #29 ele trouxe mais um clássico do Gang Starr, a música “The ? remainz”. Ela foi lançada apenas como lado B do single “Suckas nedds bodyguards”, do álbum ‘Hard to Earn’ (1994). Originalmente ela não entrou no álbum, seguindo uma tradição da dupla de colocar no lado B dos singles sempre uma faixa que não entraria no disco. Em todos os episódios DJ Premier faz alguma revelação, nesse ele contou de onde veio o chiado no instrumental. Tenho esse single e antes de ouvir em outro formato eu achava que meu disco que estava com problema, assista mais uma aula e entenda o que ele fez.

Esse vídeo acima, é a versão original da música “Next level” do Showbiz & A.G que ele trouxe pro episódio de número 30. Vou deixar aqui embaixo o mesmo vídeo, mas com o remix feito pelo Premier, que também saiu no álbum ‘Goodfellas (leia sobre)’ (1995), com o título “Next level (Nyte time remix)”. Esse foi o único single desse álbum, que aliás é um clássico, uma das maiores referências quando se fala em Rap sujo e pesado. Premier faz questão de dizer que foi uma das faixas que ele mais teve o prazer de fazer, conta todos os detalhes de como fez, as máquinas que utilizou, relembra como era tocar ela em shows ou festas e ainda a presença da música no filme ‘8 Mile’. DJ Premier tem sido meticuloso com as lembranças de todos os nomes envolvidos nas faixas de todos os episódios. Exatamente nesse ele esqueceu de um nome muito importante, Grand Master Roc Raida (em memória), os scratches na versão original são dele. Como falei, abaixo tem uma montagem do vídeo com a versão do Preemo

No episódio #31 ele traz mais uma faixa do Group Home, que também eram parte da Gang Starr Foundation. Dessa vez ele escolheu o single “Supa star” do álbum ‘Livin’ Proof’, o primeiro da dupla Lil’ Dap e Melachi the Nutcracker – no episódio #13 ele já havia falado sobre a faixa que dá título ao álbum.

Confira esse e outros episódios:

https://www.bocadaforte.com.br/vaiembora
PUBLICIDADE

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.