Memória BF | Common, um dos MCs mais importantes do Rap mundial, comemora mais um ano

Publicado pela 1ª vez em 13.03.2022 com o título 'Memória BF | Common, 50 anos de um dos MCs mais importantes do Rap mundial'. Última edição em 13.03.2023

1
671

Lonnie Rashid Lynn, conhecido por todos nós como Common e pra quem é da geração 90 como Common Sense, completa 51 anos nesse 13 de março. Até o começo dos anos 2000 ele era rapper, compositor, MC, o século virou e aí nos acostumamos a vê-lo nas grandes telas como ator e também com suas músicas em grandes trilhas. Os anos foram passando, seu sucesso cada vez ficando mais sólido, seu ativismo em pautas políticas, sociais e raciais aumentou, lançou livro, montou projetos musicais paralelos, criou sua própria gravadora, uma editora e uma produtora de filmes. Agora temos um MC, rapper, compositor, escritor, ator, empresário, ativista e porque não galã de Hollywood.

AJUDE O BOCADA FORTE A CONTINUAR SEU TRABALHO

Sua caminhada no Rap começou no final dos anos 80 em Chicago, sua cidade natal, e seu primeiro grupo foi o C.D.R. Em 1992 ele lança seu primeiro álbum, aqui mesmo no Bocada você pode ler sobre (CLIQUE AQUI). Em 1994 ele lança seu segundo álbum, que está entre os maiores clássicos da história do Rap, o álbum ‘Resurrection’leia sobre aqui no BF. Esses dois trabalhos foram os únicos lançados como Common Sense, após um processo de uma banda da Califórnia com o mesmo nome, ele passou a usar apenas Common. Alguém lembra ou já ouviu falar dessa banda? Pois é, mas o mano que eles processaram tá aí fazendo cinquentão e sendo o primeiro artista do Rap a ganhar os prêmios Grammy, Emmy e o Oscar. Sem contar as inúmeras indicações tanto ao Grammy quanto a outros prêmios e também algumas premiações específicas, como as da BET.

Seu primeiro Grammy foi em 2003, Melhor Canção de R&B com “Love of my life (An ode to Hip-Hop)”, uma parceria com sua ex-namorada Erykah Badu. Em 2006 veio o segundo Grammy de Melhor Performance de Rap em Grupo ou Dupla com a faixa “Southside”, essa em parceria com Kanye West. O Grammy mais recente foi em 2018 na categoria Melhor Canção Escrita para Mídia Visual com “Stand up for something”.

Em 1999, ainda como Common Sense, ele se apresentou em São Paulo no Festival DuLôco, esse sim o maior Festival de Hip Hop que já aconteceu no país. Para saber mais sobre o Festival CLIQUE AQUI, que já falamos sobre ele. Detalhar a sua caminhada é conteúdo para um livro e aqui nem é o foco, mas que fique registrada a sua grandeza.

Parabéns e vida longa a um dos artistas mais importantes e influentes da Cultura Hip Hop mundial.

AJUDE O BOCADA FORTE A CONTINUAR SEU TRABALHO

[+] Em 2005 DJ Tamenpi já havia escrito sobre ele
[+] Ainda em 2005, também postamos uma galeria de fotos exclusiva

www.youtube.com/bocadaforte
Se inscreva e acompanhe nossas lives!

1 comentário

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.