Rap do DF | Selo Safra Ouro lança coletânea com mais de 60 artistas

0
3

‘Safra Ouro Volume 01’ é o disco de estreia do selo de mesmo nome criado e idealizado pelo MC RAPadura. Ele conseguiu reunir mais de 60 nomes de artistas do Distrito Federal e entorno, região onde ele conheceu o Rap e também de onde ele foi revelado para o mundo. As coletâneas tiveram uma grande importância na história do Rap Brasileiro, elas foram responsáveis por revelar os nomes mais importantes do nosso Rap.

À partir do lançamento de uma coletânea (‘Hip Hop Cultura de Rua’), mesmo com lançamentos anteriores a ela, foi que o Rap ganhou visibilidade e daí em diante tudo mudou. Foram sucessivas coletâneas lançadas e a cada lançamento novos nomes eram revelados, os que tinham maior destaque em seguida lançavam seus álbuns solo.

Mais uma vez RAPadura segue na contramão do que é feito atualmente, é uma aposta num formato antigo, mas que sempre funcionou muito bem no Brasil. Brasília, Ceará, Rio de Janeiro e algumas cidades do interior de São Paulo já tiveram iniciativas parecidas, mas com essa quantidade de artistas acredito que seja a primeira vez. Hoje a molecada se acostumou a se reunir em apenas uma faixa e a aí na hora de divulgar nas redes, que é o canal preferido, aliás o único, cada um divulga apenas a sua participação na música. Se juntam em uma faixa, o que é muito válido, mas aí se separaram para divulgar, vai entender.

Ouça a Mixtape Bocada Forte Volume #01

Melhor do que reclamar do eixo Rio-SP, é se juntar em suas cidades, fazer coletâneas, mixtapes, juntar forças. Brasília sempre fez isso, historicamente sempre esteve entre os grandes centros do Rap brasileiro, com grandes nomes, selos e gravadoras de destaque. Basta ver a força dessa iniciativa do RAPadura, estou conhecendo um monte de novos nomes, a maioria muito bons, manos e minas, todos da mesma região. E sabe o que é melhor? Todos fazendo Rap na sua essência, instrumentais bem construídos, participação de DJs, sem maquilagem nas vozes (auto tune), não devem nada para os tais “novos grandes nomes”. É preciso valorizar quem verdadeiramente tem talento e o mano Xique Xico conseguiu montar um time de peso, com muita gente talentosa. Como já rimou o Z’África Brasil, “não tá faltando Rap, tá faltando Rap de verdade”.

De fora do DF apenas os convidados DJ Basim (SP) e DJ Gio Marx (MS). Os outros nomes que participaram são:

Santini, PG 400, Murica, PRS, Cms10, Dudu Mano, Gleidsom, Bairrista, Bode MC, Mourão, Mont’zi, Bravoz, Diogo Loko, Saga, Venny, Mancha, Phyre, Bless97, Desaforo Norte, Rafael Pereira, Maresya, Chris Soul, Loro, Jean Tassy, Byzu, Jiló, DJ Regis, Flávio Franklin, Danni Lemos, Don TGT, Isidório Osho, Lks TGT, Asnam, Aaron, Kastiel, Gomes, Piloto, DJ A, Cardoso, Grijo, UmDoisDois, Akumas, Clara Liz, Mica, Julia Ricci, Dandara, Fugazzi, Oli Natu, Dave Natu, Jooj Natu, Afro Ragga, Realleza, DJ Alan Def, Maoe, Cjay, Skidy, Lejow, Roldi, Rach, Ruan Afp e Derotti.

Matéria apoiada e patrocinada por:

PUBLICIDADE – CONHEÇA A LOJA CENTRAL GIRLS

[+] Ouça o álbum completo
[+] Leia sobre e ouça o novo álbum do RAPadura, ‘Universo do Canto Falado’

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.