Direto de Salvador, DJ Gug e a força ancestral do seu ‘Scratch Percussivo’

0
393

No final dos anos 80 nascia DJ Gug Pinheiro, em Salvador/BA, cidade que é referência da música percussiva, o que influenciou sua pesquisa sobre a ancestralidade africana, além do contato com os terreiros de candomblé e sua musicalidade. DJ Gug deixa perceptível em seu trabalho os traços das suas experiências. Em sua trajetória, que já somam mais de 18 anos, atuando como DJ e produtor, fez trilhas sonoras, sound designer e discos de abrangência nacional e internacional. Com todas essas experiências reunidas, ele acaba de lançar um novo projeto solo autoral, o ‘Scratch Percussivo’.

Sobre o disco

A percussão além de ser um legado de toda diáspora é lugar de aprender e ensinar, foi assim que Gug iniciou na música, através dos Mestres Jorjão Bafafé, Neguinho, do Samba, Bira Reis, Moa do Katendê, Prego, Letieres Leite e tantos outros que se fazem vivos e eternos. Com essa educação musical, ao encontrar a Cultura Hip Hop foi imediatamente atraído pelo DJ e os scratches.

Participações

N’Sábas – Coletivo de artistas mulheres pretas da Bahia formado por Ludmila Singá, Amanda Rosa, DJ Belle, Má Reputação e Pretta Letrada. uma experiência visceral que tivemos no estúdio pedra da lua.

Nelson Maca – Poeta, professor, literário, agitador cultural e uma das peças e força fundamental para a construção do trabalho.

Mano Teko – Cantor e compositor com uma história de 28 anos no funk. Em 2016, apresentou uma releitura da música “Forever to Love”, sucesso de sua duplaTeko & Buzunga, na década de 90.

Fúria Consciente – é um grupo de Rap do bairro Itinga, na cidade de Lauro De Freitas (Bahia), que surgiu em abril de 1998 e desde sempre vem se renovando e criando novos sons e letras impactantes em seu estilo Afro Hip Hop.

MC Gaspar – Letrista e co-fundador do Z’África Brasil, um dos pioneiros grupos de Rap no Brasil, criado na década de 90. Há mais de 26 anos vem desenvolvendo atividades na zona sul de São Paulo, tornando-se referência entre os MCs da cena.

Issa – é um cantor, compositor e produtor musical de Salvador. Seu trabalho apresenta a fusão de ritmos afro-diaspóricos, se assentando sobretudo nas sonoridades da música reggae e da música baiana.

Opanijé (Organização Popular Africana Negros Invertendo o Jogo Excludente) – Criado em 2005, é formado pelo trio Lázaro Erê, Rone Dum-Dum e DJ Chiba D. O grupo inova ao unir o que existe de mais tradicional na cultura afro baiana, como o uso de instrumentos percussivos, berimbaus e cânticos de candomblé, com samples, efeitos e batidas eletrônicas, traçando uma encruzilhada entre as experiências musicais da diáspora, utilizando o Rap como base.

Tauamim KuangoNascido e criado na Rua do Curuzu, na Liberdade, considerado por
muitos como o bairro mais negro de Salvador, Tauamim Kuango faz parte do bloco afro Ilê Aiyê há mais de 20 anos e é percussionista da banda. Já realizou turnês
pelas principais capitais do Brasil e por países da Europa, América do Sul e África. Também já dividiu palco com grandes nomes da música brasileira e mundial. Além disso, é vocalista e fundador da banda Afrodendê, que tem um trabalho inspirado na música de artistas
negros da Bahia e mistura vários elementos ao samba-reggae.

Sérgio Akueran – Musicista e compositor brasileiro, que mistura e arranja em seu trabalho, irreverência, raízes, estradas e caminhos. Ritmos e grooves regionais misturados à world music. Nascido em Salvador, herdou do pai o amor e atenção para o som, além da influência do avô Zé, que toda sexta organizava em seu bar, um samba, este outro ponto chave para demarcar um traço profundo, capturando através dos olhos e ouvidos, vida em música. Formado em teatro e produção cultural, desenvolve projetos culturais há mais de 10 anos, firmando e fortalecendo o compromisso artístico com o qual se propõe.

Xarope MC / XR777 – Com 20 anos de caminhada vem se reinventando e se redescobrindo, como somente vemos na magia do Candomblé e como somente a arte é capaz de profetizar. ‘XR777’ foi produzido pelo rapper Djonga, Coruja BC1 e MC Gaspar, conta com participações de Nego Freeza, Jhomp, Nego Blue e Bivolt.

Ouça o álbum

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.