Slam Resistência faz live com poetas e ativistas neste domingo (24)

0
3

Neste domingo (24), às 18h, o Slam Resistência realizará uma live para discutir arte, política, hip hop, literatura e quarentena. “Não tem uma temática central, pois seriam várias. Vai rolar um bate-papo com intervenções poéticas”, diz Haux Del Chaves, idealizador, organizador e apresentador do Slam.

Com participações de GOG, Meimei Bastos, Laila Xukuru, Catu Oliveira e Preto Claudinho. “A ideia é trazer a arte como terapia para deixar a galera mais tranquila. Vai ser um momento de informação e também lazer”, diz Del Chaves.

Laila Xukuru, além de debatedora, é responsável pela parte técnica da transmissão, que tem apoio da Arrasta Filmes. O Slam Resistência continua articulando novas lives, os organizadores do evento vão anunciar as datas em breve.

De acordo com Haux Del Chaves, o Slam Resistência é uma competição de spoken world, palavra/poesia falada.

“Na Praça Roosevelt [centro de SP], em 2014, nos reuníamos para a chamada “Quinta da resistência”, com movimentos sociais e advogados ativistas. Ja debatíamos sobre o saque do dinheiro público na copa, que manifestamos contra e fomos chamados de vândalos pelas mídias. Então ficamos na Roosevelt pra ser acessível por todos os cantos da cidade”, diz Del Chaves em entrevista ao site da Revista Caliban (2016).

Em 2018, o Slam Resistência, um dos Slams mais representativos da América Latina, foi contemplado no Programa VAI 2, da Secretaria de Cultura Municipal de São Paulo.

Com a verba desse programa, os responsáveis pelo Slam conseguiram finalizar o documentário “Ágora do Agora”. Clique aqui e saiba mais.

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.