Novos Samples | Bucktown Killa Beez e a importância de instrumentais e acapellas para o Hip Hop

0
725

O destaque da seção Novos Samples dessa vez vai para ‘Bucktown Killa Beez’ do DJ Keytronikz, que misturou os vocais de músicas da Crew Boot Camp Clik com os instrumentais de músicas do Wu-Tang Clan. Ele fez algo que não é novo e que na verdade está nas raízes da Cultura Hip Hop, por isso os singles sempre foram lançados com as versões acapella e instrumental. No Brasil, infelizmente, isso não é comum, pelo contrário, acapellas e instrumentais parecem ser guardadas em cofres, são raras as exceções.

Como já disse, fazer esse tipo de trabalho não é novidade, aqui mesmo no BF já postamos diversas outras que já foram feitas, o próprio DJ Keytronikz tem um monte. Nessa ele selecionou 17 faixas e mesclou trabalhos solos dos MCs do Wu-Tang com trampos do grupo e do lado do Boot Camp a mesma coisa. Quem não conhece as versões originais das músicas nem vai perceber o que foi feito, por isso resolvi pegar os links das versões originais de cada uma para que todos possam conferir e ver o quanto ficou bem feito.

Essas duas bancas estão entre as melhores e mais importantes da história do Rap mundial e ambas tem muito em comum. O Wu-Tang é mais famoso e tem uma legião de fãs pelo mundo, mundialmente o BCC tem uma expressão menor, mas é tão relevante quanto.

Os dois coletivos perderam seus principais MCs, Ol’ Dirty Bastard falceceu em 13 de novembro de 2004 e Sean Price faleceu em 08 de agosto de 2015.

Outro ponto em comum é que todos eles continuam em atividade, fazendo Rap em alto nível e construíram seus próprios selos, gravadoras, estúdios, marcas e tudo mais que envolve a sustentabilidade.

Mais um ponto em comum é a origininalidade, eles fazem o que querem, como querem sem precisar ficar se adaptando ou se encaixando nas definições, rótulos e prateleiras criadas pela indústria. Todos eles fazem RAP, seja qual for a participação que eles fizerem, com qualquer estilo de música que seja, eles estarão ali fazendo RAP. Isso parece óbvio, ou pelo menos deveria ser, mas hoje com tantos rótulos, a indústria e o mercado tem conseguido manipular artistas e até os mais consagrados jornalistas/blogueiros da mídia especializada.

Seria ótimo que os artistas brasileiros começassem a liberar os instrumentais e acapellas de algumas músicas, essa é uma forma de levar a sua música para outros públicos. Existem DJs que não fazem mixtapes, mas fazem essas mixagens ao vivo. Para fazer o que esse DJ fez tem que ter muito conhecimento sobre as músicas de ambos os grupos. Do lado do Wu-tang não é tão difícil, pois as músicas são mais famosas, mas do Boot Camp ele foi longe, desenterrou grandes clássicos dos anos 90. São músicas que dificilmente alguém que começou a ouvir Rap há pouco tempo iria conhecer, mas com certeza agora vai atrás pra saber de onde ele tirou esses vocais.

E é aí que está a magia desse tipo de trabalho e também a magia de técnicas e tecnologias criadas e aperfeiçoadas por nós que fazemos parte da Cultura Hip Hop. Muita gente abandonou esses recursos, se entregaram e se integraram ao que a indústria oferece. Esses recursos, técnicas e tecnologias, que sempre falo sobre, estão aí à disposição de todos e não são nenhuma novidade. Fora do Brasil eles continuam sendo utilizados para driblar as imposições das grandes gravadoras e plataformas e os grupos de Rap compromissados com a Cultura Hip Hop tem total entendimento disso.

Ainda sobre isso, clica aí no nome do Blackalquimista e confere a quantidade de DJs, rappers e MCs que interagiram em um beat que ele soltou no perfil do Instagram, desce até o final da página que deixei o beat aqui também.

Confira abaixo a listagem das faixas e o trabalho completo, ouça as originais e faça a comparação, vale a pena

[+] ACESSE A SEÇÃO NOVOS SAMPLES

Faixa 01 – Boot Camp Click – Niggaz ain’t ready
Cappadonna – Wu-Wear part. RZA, Method Man

Faixa 02 – Black Moon – Who got da props
Wu-Tang Clan – Protect ya neck

Faixa 03 – Smif-N-Wessun – Wontime
Raekwon – Ice cream part. Ghostface Killah, Method Man, Cappadonna

Faixa 04 – Boot Camp Clik – Nite riders
Raekwon – North star (Jewels)

Faixa 05 – Fab 5 – Blah
GZA – Liquid swords

Faixa 06 – Heltah Skeltah – Letha brainz blo
Ol’ Dirty Bastard – Brooklyn zoo

Faixa 07 – OGC – No fear
Wu-Tang Clan – Heaterz

Faixa 08 – Fab 5: Heltah Skeltah (Sean Price) x OGC – Leflaur leflah eshkoshka
Wu-Tang Clan – Triumph part. Cappadonna

Faixa 09 – Smif-N-Wessun – Cession at da doghillee
Wu-Tang Clan – Wu-Tang: 7th chamber

Faixa 10 – Black Moon – Black Smif-N-Wessun
Raekwon – Ice water

Faixa 11 – Black Moon – How many MCs…
Wu-Tang Clan – Tearz

Faxia 12 – Smif-N-Wessun – Let’s git it on
GZA – Cold world part. Inspectah Deck

Faixa 13 – Boot Camp Clik – Nightriders part. Aaliyah
Raekwon – Rainy Dayz

Faixa 14 – Heltah Skeltah & O.G.C: The Fab Five – Leflaur leflah eshkoshka Pt 2
Gravediggaz – Dangerous mindz
Faixa 15 – Heltah Skeltah – Undastand
Ol’ Dirty Bastard – Raw hide part. Raekwon & Method Man
Faixa 16 – O.G.C – Da Storm
GZA – Shadowboxin’ part. Method Man

Faixa 17 – Boot Camp Clik – Headz r ready
Wu-Tang Clan – For heavens sake

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.