Internacional | Revista enumera os 48 maiores DJs de Hip Hop de todos os tempos

A XXL Magazine, revista especializada em em Hip Hop, publicou no último dia 8 de abril uma matéria elencando os 48 maiores DJs de Hip Hop de todos os tempos.

Abaixo você confere a tradução e 6 primeiros DJs listados pela publicação. O link para conferir a íntegra da matéria e os demais 38 DJs, segue no final.

Embora os DJs existam desde o surgimento do vinil, o início dos anos 70 viu aparecer uma nova guarda que não estava satisfeita apenas em manter a música girando, mas estava disposta a testar os limites do som e adaptar o antigo a algo novo. Essa tendência, que se originou no Bronx com giradores de discos como o DJ Kool Herc , acabou se espalhando pela costa leste dos EUA e além, gerando uma geração de DJs que trabalhariam em particular, tudo por uma experiência única para os fãs de a cultura.

https://fb.com/depdesigncriacao
DEP Design & Criação

Com o passar dos anos, foram implementadas inovações que mudariam a maneira como vemos as ‘mesas giratórias’ para sempre. Scratchs, cortes, spins, quedas de agulhas e várias outras técnicas foram descobertas, com cada DJ se esforçando ao máximo nos toca-discos para provar que eles eram o campeão indiscutível quando se tratava de agitar o público.

No entanto, ao longo dos anos, o DJ passou a ser ofuscado pelo rapper, que geralmente está na linha de frente e no centro das atenções. Quem conhece a história do hip-hop e que, quando a música para, a festa para, sabe que o DJ é inestimável e sempre será a cola que une o hip-hop.

De pioneiros como Grandmaster Flash, personalidades de rádio como Mr. Magic, reis de mixtape como DJ Clue a macacos de todos os ramos como Lil Jon, formadores de opinião como DJ Drama e artesão estimado como DJ Premier, o papel do DJ é multifacetado e continua a se expandir à medida que a cultura cresce. Em comemoração às suas contribuições para a cultura, a XXL Magazine destaca 48 dos maiores DJs da história do hip-hop que todo fã de rap deveria conhecer.

DJ KOOL HERC

Foto: Getty Images para Tribeca Film Fe

Em 11 de agosto de 1973, DJ Kool Herc e sua irmã mais nova organizaram o chamado ‘Back to School Jam’, na sala de recreação da 1520 Sedgwick Ave, que muitos consideram o berço do hip-hop. Durante a festa, Herc, um nativo da Jamaica, apresentou uma técnica chamada ‘The Merry Go Round’, tocando pausas seguidas. Esse desenvolvimento fez de Herc o primeiro pioneiro na cultura e influenciou DJs como Grandmaster Flash e Afrika Bambaataa a seguir o exemplo. Enquanto Herc, que havia parado de tocar em 1980, não alcançaria o sucesso financeiro de seus antecessores, ele é considerado não apenas o pai, mas o criador do hip-hop.

DJ PREMIER

Foto: Neilson Barnard, Getty Images

Arquiteto do som baseado nos samples, que dominou o hip hop da costa leste durante os anos 90, o pão e a manteiga do DJ Premier vieram de seu trabalho de produção com artistas como The Notorious B.I.G, Jay-Z e seu próprio grupo, o Gang Starr. Mas ele não dorme com seus talentos brutos de ativista. Além do trampo preenchendo faixas com amostras vocais riscadas, até sua presença constante em várias festas na cidade de Nova York e além, a posição de Premo na comunidade de DJ é sólida.

JAM MASTER JAY

Foto: Vince Bucci, Getty Images

Como DJ do Run-DMC, Jam Master Jay ajudou a colocar o Rap no radar norte-americano durante os anos 80, e foi um grande catalisador para o som e a imagem do grupo. Além de manejar as toca-discos Jam Master Jay, um músico treinado, tocou vários instrumentos em álbuns como “Raising Hell”. Ao lançar a Jam Master Jay Records, nos anos 90, ele descobriu artistas como Onyx e 50 Cent, e fundou a Scratch DJ Academy antes de seu assassinato, em 30 de outubro de 2002.

GRAND MASTER FLASH

Foto: Paul Zimmerman, Getty Images

Grandmaster Flash, o primeiro DJ a se tornar uma super-estrela, é responsável por algumas das inovações mais duradouras do turntablism até hoje. Empregando a técnica backspin, perfurando frases e arranhando seus sets, o representante do bairro do Bronx formou o grupo de Rap pioneiro, Grandmaster Flash e os Furious Five, com quem ele foi introduzido no Hall da Fama do Rock’n’Roll em 2007. Uma das músicas mais memoráveis ​​do grupo é “The Adventures of the Grandmaster Flash on the Steel Wheels”, uma exposição individual de sete minutos das proezas do Grandmaster Flash atrás dos toca-discos que coloca sua magia em exibição total.

ROC RAIDA

Foto: Reprodução/Google

Durante o final dos anos 80 e o começo dos anos 90, Roc Raida e os X-Ecutioners dominaram a arte do turntablism. Nascido na cidade de Nova York, Roc Raida confirmou seu status de DJ formidável com sua vitória no DMC World DJ Championship de 1995, antes de ocupar trampar com os rappers MF Grimm e Busta Rhymes ao longo dos anos 1990 e 2000. Roc Radia foi introduzido no DMC Hall of Fame em 1999 e ganhou o Mash-Up Mixtape do ano no Justo Mixtape Awards por seu álbum Rock Phenomenon, em 2005, antes de falecer em 19 de setembro de 2009, por parada cardíaca.

GRAND WIZZARD THEODORE

Foto: Kris Connor, Getty Images

Nascido no bairro Bronx, Grand Wizzard Theodore implementou técnicas inovadoras, como os scratchs, já em 1975. Girando em locais como a danceteria The Roxy, na cidade de Nova York, Theodore foi um componente chave na migração do hip-hop para o centro da cidade e, em 1982, lançou o single Can I Get a Soul Clap, com sua equipe, o Fantastic Five. Inventor de muitos dos truques e ofícios que os DJs criaram ao longo do tempo, Theodore ajudou a estabelecer as bases para o que a cultura se tornou hoje.

[+] Leia a versão original (em inglês) e confira os 38 DJs restantes da lista

https://fb.com/depdesigncriacao
DEP Design & Criação

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.