Amanda Negrasim e projeto Trançado Periférico são destaques da nova Revista BF

5
122

A cultura periférica e as estratégias de sobrevivência das pessoas que moram nos bairros mais afastados do centro da capital vem configurando novas formas de trabalhos que envolvem a arte. Em muitas vezes, o rap combatente está presente nessa movimentação.

Com cursos, desfiles e seminários temáticos, que também fazem parte de uma websérie, o Projeto Trancado Periférico, Mulher Negra Cultura Criativa coloca em evidência o viver e a cultura das mulheres negras que vivem nas quebradas de São Paulo, mas também tem convidadas de diferentes partes do país.

Organizado pela Zungueira Produções e a rapper Amanda Negrasim, o evento tem atividades que abordam a história, a cultura e o mercado das tranças, interligando ancestralidade, resistência e empreendedorismo.

O Hip Hop também é um dos principais elementos que sustentam o Projeto Trancado Periférico. Realizado na zona sul de São Paulo e transmitido pelo Youtube e outras redes sociais, o evento foi adaptado à realidade da pandemia do novo coronavírus, mesclando atividades presenciais e lives, sempre seguindo os protocolos sanitários.

www.youtube.com/bocadaforte
Se inscreva e acompanhe nossas lives!

Contemplado na quarta edição do Edital Fomento à Cultura da Periferia, no ano 2019, o Trancado Periférico vem reunindo ações protagonizadas por mulheres negras que lutam por uma vida melhor para os habitantes das quebradas de SP.

Amanda Negrasim, rapper que lançou recentemente o álbum Afroqueen Sounds, trabalho que também saiu em vinil, é destaque na edição 3 da Revista Bocada Forte. A publicação volta depois de dois anos fora de circulação.

Nesta edição, Negrasim fala da sua trajetória, seu disco e o projeto Projeto Trancado Periférico, Mulher Negra Cultura Criativa.

A Revista Bocada Forte 3 será lançada na segunda semana de março.

AGENDA BF
Clique na imagem e saiba mais sobre o evento que vai rolar neste domingo (27)

5 COMENTÁRIOS

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.