Memória BF | Os primeiros passos de 2Pac, Tim Dog e Eminem

Três álbuns foram álbuns marcantes foram lançados em 12 de novembro. Em 1991, Tupac Shakur, mais conhecido como 2Pac, lançava seu primeiro disco solo, “2Pacalypse Now“. No mesmo ano, o MC barra pesada da cena boom bap Rap, Tim Dog, também lançava seu primeiro álbum, “Penicillin on Wax“. Alguns anos depois, em 1996, surgia para o Hip Hop um de seus maiores nomes: Eminem lançava o álbum “Infinite“, sua estréia na cena Rap.

2Pacalypse Now“, de 2Pac, foi lançado pelos selos TNT / Interscope Records. É um álbum denso, com profundidade nas letras, que tratam de racismo, brutalidade policial, pobreza, gravidez na adolescência, dentre outros temas graves.

O disco alcançou a posição 64 no Top Billboard 200 norte-americano e foi certificado disco de platina em 1995. Os destaques vão para os singles “Brenda’s Got a Baby“, Trapped e If My Homie Calls.

Participam do álbum Shock G, Raw Fusion, Stretch, Dave Hollister, dentre outros. Na composição, temos nomes como Isaac Hayes, na música “Soulja’s Story”; a estrela do Jazz e Soul Herbie Hancock, na faixa “Words of Wisdom” e Stevie Wonder, em “Part Time Mutha”.

Ouça o álbum completo

O MC barra pesada do boom bap, Timothy Blair, mais conhecido como Tim Dog, lançou também em 1991, o álbum “Penicillin on Wax” (Ruffhouse Records). O disco traz produções musicais de Ced-Gee, TR Love e Moe Love (ambos do Ultramagnetic MCs), Bobby Crawford e Louis Flores, além do próprio MC. O rapper Kool Keith participa em duas das faixas do álbum, num total de 20.

“Penicillin on Wax” alcançou a posição 34 no ranking Top r&b/Hip Hop da Billboard e caiu como uma bomba na cena Rap, que na época estava permeada com a conhecida disputa Costa Oeste x Costa Leste.

Um dos destaques do álbum é o single “Fuck Compton“, numa referência ao bairro da cidade de Los Angeles, berço do famoso grupo N.W.A. Outros dois singles foram lançados: Step To Me e “Bronx Nigga“.

Assista ao clipe da música “Fuck Compton”

Confira Tim Dog no Yo! MTV Raps, apresentando a faixa “Bronx Nigga”

Escute o álbum na íntegra

Por último, em 1996, Eminem lançava o álbum “Infinite” (Web Entertainment), dando seus primeiros passos no Rap. O álbum traz produções musicais de Mr. Poster, Proof (R.I.P) – que também participa como MC – e do próprio Eminem. Participam do álbum Mr. Porter, Eye-Kyu, Three and Thyme e a cantora Angela Workman, na faixa “Searchin“.

Todos sabemos o monstro que é Eminem em termos de rimas e flow, mas este disco foi um total fracasso, vendendo em torno de 1.000 cópias apenas. Segundo consta, a ideia de Eminem para este álbum era fazê-lo palatável comercialmente, para que tocasse nas rádios de sua cidade natal, Detroit.

Este disco traz em seu conteúdo lírico uma fase difícil do artista. Na época pobre, ele lutava para criar a filha e mantinha uma batalha silenciosa contra as drogas. “O álbum ‘Infinite’ foi eu tentando descobrir como eu queria que fosse meu estilo de Rap, como eu queria soar no microfone e me apresentar como artista. Foi um passo para crescer. Eu penso que o disco saiu como uma demo, devido as pressões”, explica Eminem.

Ouça o disco completo

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.