Memória BF | Dina Di – Um Adeus à ‘Rainha do Rap’

Por, Jéssica Balbino - Colaboraram: Gilponês, DJ Cortecertu, Bruno Gil e Noise D / Última atualização em 20 de março de 2020

Morre Dina Di, grande guerreira do Hip-Hop brasileiro

Com uma vida nada fácil, ela foi a primeira a esmurrar a porta do barraco brasileiro e anunciar as mulheres no Rap. Uma mina de fato, como poucas dentro do Hip-Hop. A atitude e a força na voz a fazem a “Rainha do Rap”, eternizada mesmo após a confirmação da sua morte às 23h30 de sexta-feira (19).

Vítima de uma infecção hospitalar após o parto da filha no último dia 2 de março, Dina Di deixou o mundo que nem sempre lhe foi o melhor lugar e partiu. No legado ela deixa o estilo e a rima na ponta da língua.

Tinha o rap na carne e transformava as feridas arrombadas em letras. Dos CDs gravados, ficou conhecida após se apresentar como “a noiva de chuck” e o casamento só aconteceu há pouco tempo. Conheceu o Hip Hop aos 16 anos e escondida em roupas largas e bonés, apresentou as primeiras rimas, sempre defendendo o universo feminino. Morreu após dar a luz, na maior representação feminina que existe, o parto e o nascimento de um filho. Por ser conhecida, tem a história divulgada. Vítima de mais um sistema de saúde falido no nosso país. Com a visão que tinha da rua, montou um grupo de mesmo nome e gravou três CDs que ganharam os guetos rapidamente. Entre as vozes femininas do Rap, Dina Di foi quem mais levantou a bandeira do movimento.

Assista ao vídeo de “Irmã de cela”

Vítima do próprio sistema que tenta combater, viveu uma vida literalmente à margem da sociedade. Não teve tempo de amamentar a filha como deveria e nem de vê-la crescer. Deixou mais uma, entre as milhares do Brasil, criança sem mãe neste país que não é pátria. Mesmo sendo quase invisível no sistema que o Hip-Hop combate, ela foi uma denúncia andante, conceituou o Rap na carne. Sempre teve medo de descer do palco e ver a Dina Di morrer. Antes de ir para o hospital, estava agendando shows por todo o Brasil. Não deu tempo de visitar Poços de Caldas.

Ouça a música “Confidências de uma presidiária”

Antes de se tornar conhecida, perdeu as contas de quantas vezes passou pela Febem desde que fugiu de casa, aos 13 anos. O pai de Dina Di era mestre de obras e morreu engasgado com um pedaço de carne num boteco, na periferia. A mãe dela era camelô e foi assassinada dentro de casa, uma morte lenta e dolorosa, ela foi asfixiada com um pedaço de pano que lhe enfiaram na garganta, enquanto estava amarrada com os fios do varal de roupas. Mas nada disso a impediu de escrever com as vísceras e a alma, relatando todas as dores que a perfuram.

Certa vez uma reportagem foi finalizada com a seguinte frase: “(…) diante de milhares de sobras humanas com voz e com raiva, Dina Di e os seus têm chance de não morrer no beco”. Que pena que o otimismo não foi o suficiente. Ela morreu antes da hora. Se foi antes do tempo. Não ensinou tudo que podia e nem cantou tudo que queria. Mas, talvez nós, que acompanhamos esta trajetória e sabemos das dores de sermos tachados de trapos humanos consigamos melhorar um pouco a nossa periferia, a nossa volta e não percamos mais mulheres para a saúde falida do nosso país.

Guerreira, vai com Deus, vai em paz! Hoje o Hip-Hop chora: paz, amor, diversão e união a todos irmãos que compartilham a mesma dor desta perda horrível! Rainha, tá doendo muito, viu!

Ouça a música “Periferia é o alvo”

A FAMÍLIA HIP HOP BRASILEIRA PRESTA SUA HOMENAGEM

“Essa notícia foi um baque e deixou meu sábado muito triste. Dina Di foi uma grande representante do rap feminino e brasileiro. Uma guerreira muito importante, que fez as mulheres ganharem mais respeito na cena. Com a perda dela, todos nós perdemos um pouco da nossa força. Espero que, agora, ela consiga a paz que todos nós procuramos.”
(Thaide)

Assista ao vídeo de “Mente engatilhada” com Lakers e DJ Kl Jay

“Hoje, o rap se cala em homenagem a você, guerreira, mulher brasileira, que sempre teve compromisso com a música e com a verdade. Contava em suas letras, de uma maneira franca e direta, a dura rotina que levava, representando em seus versos e rimas milhares e milhares de mulheres. E, tragicamente, morreu no auge do Ser mulher, após dar à luz uma vida. Todo meu sentimento e que Deus possa confortar essa família, em especial à pequena Aline.”
(Negra Li)

Assista ao vídeo de “Essa é a lei” de Ndee de Naldinho com Dina Di e Tribunal MCs

“Respeito, admiração, grande guerreira do Rap no Brasil. Que a nova geração jamais deixe de honrar o legado… Luz, Dina Di!”
(MC Marechal)

“Muita tristeza em receber essa notícia, infelizmente não perdemos só uma amiga, e sim uma grande mulher, uma guerreira e mãe lutadora. Na minha opinião, uma das maiores MCs do Brasil. Força para a família, para os amigos e todos os fãs. Deus sabe de tudo.”
(Biofa – Parábola)

Assista ao minidoc com Dina Di, Negra Li e Rúbia

“Dina Di foi uma pessoa muito batalhadora, mãe dedicada e muito talentosa no rap. Viveu uma realidade difícil e venceu. Uma pessoa maravilhosa e de muito carisma. Tive a honra de conhecê-la e participar de eventos junto com ela, que abriu portas para outras mulheres no Hip-Hop. Desejo muita força à família dela. Fica o exemplo de uma guerreira que sempre segurou a onda.”
(Nelson Triunfo)

“Triste demais! Dina Di: mulher, irmã, mãe e grande artista. O Hip-Hop perde muito e o Brasil, mais ainda! Esteja em um bom lugar, amiga!”
(GOG, via Twitter)

“Dina Di foi a primeira mulher que eu ouvi a fazer rimas realmente pesadas, teve uma vida de filme, com muita angústia e sofrimento. Tive a oportunidade de conhecê-la, foi uma artista que não colheu os frutos do rap na minha opinião. A infecção hospitalar é um dos retratos das mazelas na saúde brasileira. Respeito máximo pro Visão de Rua.”
(Beve – Irmandade Negra)

Assista ao vídeo de “Ruas de sangue” com Visão de Rua, Consciência Humana e GOG


“Conheci a Viviane há 17 anos. Foi amiga, parceira, e demos muitas risadas na vida. Com certeza ela irá deixar muitas saudades. Peço a Deus que tenha muito cuidado com ela. Uma grande mãe, mulher e irmã, assim é como vou definir esta guerreira chamada Dina Di. Agora, fica a lição de amar e respeitar quando se está perto, pois depois ficam somente as saudades.”

(Japão – Viela 17)

“Guerreira, pioneira, rimadora, mãe, esposa. Humana. Respeito e Paz pra Dina Di.”
(Kamau)

“Lembro-me de uma fita k-7 que tenho até hoje com um som dela, que o Xis tocou em seu programa na rádio. Obviamente eu já conhecia suas rimas desde muito antes, mas a minha favorita é a que ele tocou e que até hoje eu não sei o nome, só lembro do começo: ´(…) Tô com saudade de você, meu filho, como vai? (…)´. Esse rap é muito bom, como vários outros dela, “Memórias”, “Marcas da adolescência”, “Corpo em evidência”, várias informações de uma mesma história, de uma mesma mente. Rap é muito louco, né, mano? A gente combate os males que nos mata há anos. Morremos deles mais uma vez, digo morremos porque algo de cada um que um dia se identificou com uma rima dela também se foi naquele dia. Estávamos tão felizes, graças a Deus voltando de um show em Brasília, e o KL Jay mandou uma mensagem dando a notícia. Você fica sem ação nesses momentos… Nada que faça solucionará ou amenizará a parada. Quanto mais isso acontece, menos a gente se acostuma. Só me resta dar play naquela velha fita e deixar que a voz de Dina Di ecoe pela eternidade, sem fim, como um bom capítulo na história dos que realmente fizeram algo por nóiz. Descanse em paz, Dina Di!”
(Emicida)

Ouça o disco ‘Herança do Vício

“Dina Di foi um incentivo moral pra todas as mulheres que estão no Rap hoje levar adiante o seu sonho. Ela é a prova de que mulher também pode fazer um bom Rap, ela tem uma história de garra e muita luta, venceu vários obstáculos e sem dúvidas é e sempre será um grande ícone pra nós, tanto mulheres como também para os homens!”
(Lya – As Donnas)

“Não cheguei a conviver com a Dina Di, mas sempre fui fã dessa guerreira. Uma mulher de muita luta, fibra, que sempre foi linha de frente e nunca deixou a peteca cair. Ela foi um exemplo de poesia positiva que levou e ainda vai levar esperança para muita gente. Pena que, em vida, ela não recebeu o reconhecimento à altura do que merecia.”
(Criolo Doido)

Ouça o disco ‘Ruas de Sangue’

“Estou muito triste pelo falecimento de Dina Di. Que a sua força e expressão sejam herdadas pelos seus. O povo precisa de rebeldia, de revolução. Rest In Power, Dina Di!”
(DJ Laylo, via Twitter)

“Para grande parte dos MCs brasileiros, e eu me incluo nesta lista, Dina Di foi e continuará sendo uma grande influência. O Visão de Rua foi um marco no rap brasileiro, principalmente pelo pioneirismo de colocar a voz feminina na cena. Ela foi uma guerreira de muita voz ativa, que nos deixa como herança músicas muito bonitas e sentimentais.”
(MC Rashid)

Assista ao vídeo de A noiva do Thock”

“Graças a Deus tive a honra e o privilégio de dividir o palco com a saudosa e eterna Dina Di em 2008, na Febarj, Lapa (Rio de Janeiro). Vou orar pela sua alma, que com certeza neste momento está nos céus.”
(Lindomar 3L, via Twitter)

“Perdemos uma grande mulher, que representou muito dentro da cultura Hip-Hop, com talento e personalidade. Dina Di deixa um grande legado pras pessoas e sempre será uma forte referência na nossa cultura. Deixo meus sentimentos aos familiares e às pessoas próximas dela. Dina Di, que Deus a tenha.”
(Sombra)

Ouça o disco ‘O Poder nas Mãos’

“A primeira mulher que ouvi fazendo rap nacional foi a Rúbia do RPW e, na sequência, a Dina Di. Pude conhecê-la pessoalmente numa oportunidade no Rio de Janeiro, mais foi um papo rápido, em que o tempo só me permitiu dar um disco do Daganja e falar o quanto as letras delas foram importantes para minha formação no rap. Não acredito que a vida acabe com a matéria, espíritos guerreiros como o dela tendem a voltar logo. Uma pena ela não ter feito show na Bahia. Muita luz e respeito a todos.”
(Blequimobiu – Versu2)

“Esta foi uma perda grande pro rap brasileiro. Como pessoa, ela foi uma guerreira que passou por várias dificuldades de cabeça erguida. É triste vermos ela partir ainda tão jovem, mas sua mensagem e sua música nunca vão morrer. Lamento muito e espero que Deus cuide dela e conforte seus familiares.”
(Alessandro Buzo)

Sistema prisional feminino foi denunciado nas primeiras músicas de Dina Di (Visão de Rua)

“(…)´Morreu frágil, sem implorar. Feito flor que rasteja, mas que a primavera não pode humilhar.´ Escrevi para minha mãe, mas serve para a Dina Di.”
(Sérgio Vaz, via Twitter)

“Ela era não só uma voz feminina dentro do rap, mas a própria voz do rap. Uma guerreira que ajudou o rap a chegar onde está hoje e que encantou muita gente com suas letras. É muito triste perdermos uma poeta das ruas. Desejo muita força à família dela e à família que ela deixou no rap, na qual eu me incluo. Espero que ela esteja bem e, de onde estiver, sei que ela quer que o rap continue e que a gente prossiga levando o rap muito a sério, como ela sempre levou.”
(DJ Marco)

“Esta foi uma grande perda pro Hip-Hop. Dina Di foi uma pessoa que contribuiu muito com a cultura de rua, que trouxe uma cara feminina com poesias contundentes, reflexivas, e opinião firme. Graças a ela, as mulheres deixaram de ser coadjuvantes no rap, porque ela foi uma protagonista, uma divisora de águas no rap brasileiro e exemplo pra muita gente. Todos do Pau-de-dá-em-doido lamentam muitíssimo. E que isso sirva de alerta para o Hip-Hop valorizar as pessoas em vida, porque, perto do que ela representou e da importância que teve, o que ela conquistou foi pouco.”
(Enézimo)

Anfiteatro do CCJ é batizado com o nome da rapper Dina Di

“Sem sombra de dúvida, Dina Di foi a mulher que mais inspirou as meninas do Hip-Hop a seguirem não só na música, como também no engajamento político, com muita seriedade. Ela vai ser sempre a musa inspiradora de quem faz Hip-Hop de qualidade e com atitude. Esta foi uma perda terrível em um momento em que o Hip-Hop tem que se repensar. Que descanse em paz. E que seus familiares tenham força e fiquem felizes porque conviveram com uma guerreira batalhadora e iluminada, que cumpriu sua missão com muita garra e humildade.”
(Markão – DMN)

“Convivi pouco com a Dina Di, mas sei que ela teve uma história de vida difícil, perdeu a mãe de forma trágica e foi uma guerreira, prosseguiu na batalha e venceu. Agora, ela faleceu ao colocar uma filha no mundo. Torço para que essa menina siga os passos da mãe, que seja guerreira como ela, que tenha a mesma determinação e consciência. Lamento muito, mas temos que pensar que a morte é ruim só para quem fica, ela faz parte da vida. Espero que a família da Dina Di seja forte neste momento e entenda que ela fez a parte dela e deve estar em um bom lugar.”
(Zulu King Nino Brown – Universal Zulu Nation)

“Uma mulher que superou toda as adversidades da vida. Mesmo com problemas, sempre se mostrou competente com o trampo e estava feliz em ser mãe. Calaram o grito de uma grande guerreira.”
(Edd Wheeler)

Leia a Edição #02 da Revista BF ou clique aqui e faça o download!

“Quando eu ouvi falar de Hip-Hop, eu ouvi Dina Di.  Achava incrível como uma mulher estava no mesmo nível de equidade que os homens dentro da cultura, com presença e respeito de homens e mulheres, admirei de primeira e foi essa postura que abriu caminho para outras rappers entrarem nesta cena com respeito. Mulher de raça que amou o Hip Hop como amou a sua própria vida.  Ficamos mas próximas há um ano e comprovei o quão guerreira, verdadeira e  extraordinária Dina Di foi e continuará sendo. Eu aqui no Rio de Janeiro, juntamente com todas as outras mulheres guerreiras do Brasil manteremos a  memória e o trabalho da Dina Di vivos. E como a Dina gostava de pontuar: É hora de Avançar… Dina Di na Ativa!”
(Re.fem)

“Conheci a Dina Di pessoalmente em 2003. Apesar de estar sempre com a cara fechada em seus sons e videos, ela era uma mulher de bom coração. Em novembro, no Hutuz 2009, foi a última vez que conversei com ela, as expectativas dela para o 2010 eram as melhores possíveis. Infelizmente ela se foi, infelizmente pessoas de bom coração sempre se vão bem cedo. Deixou para todos o seu legado, suas músicas e mostrou que mesmo entre pedras, lama, cascalho, sempre é possível o nascimento de uma flor. Desejo Luz para esta passagem dela e inteligência para as pessoas que ficaram e estarão conduzindo a vida dos menores que ela deixou. Orações são sempre bem vindas neste momento.”
(B.Dog – Rapevolusom)

PUBLICIDADE – CONHEÇA A LOJA CENTRAL GIRLS

“Dina Di não foi a primeira mulher a cantar Rap, mas com certeza foi a que mais se destacou. Rompeu barreiras, como mulher, com a música e mostrou para toda uma geração do Rap que uma mulher pode fazer o que imaginar. Teve um vida que daria um filme e foi uma das artistas mais autênticas que conheci. Escrevendo uma letra de Rap, foi um dos maiores talentos que já vi. Apesar da sua habilidade para outros ritmos musicais, sempre apostou e insistiu no Rap. Um exemplo de luta e de um trabalho bem feito, que, infelizmente, se foi quando sua vida finalmente tinha se tornado mais tranquila. Fazer letras como a Viviane é para poucos, sejam homens ou mulheres. Uma perda incomparável para o Rap. Descanse em paz, depois de uma vida de muitas tristezas. Força e Luz para o Thock e sua familia.”
(Alexandre de Maio)


Por, Jéssica Balbino | Colaboraram: Gilponês, DJ Cortecertu, Bruno Gil e Noise D


Abaixo os comentários encontrados em nosso acervo, no formato original, sem correções


Guerreira, rap de qualidade, letras de responsa… Vai na fé V.L…. Vai com Deus e encanta o céu com suas rimas…

Por: katsumata – Em: 15/03/2011 13:19:47


dina di ,ou viviane onde enstiver agora esteja em paz que deus abençoue sua alma e te guie para 1 caminho cheio de paz e amor……..

Por: carlos – Em: 14/03/2011 13:00:23


Dina Di, é o exemplo de resistência, é a mulher negra da periferia que faz o impossivel por sua família, é dificil expressar em poucas palavras o que representa esta mina pra nós do Rap, só posso dizer que cada vez que escuto o som dela com o mano Douglas, me dá um nó no gogó que só quem ama de fato a cultura Hip-Hop pode sentir, e se dependesse de min eu presenteava sua família com o prêmio de “Guerreira das favelas” com o Preto Ghoes. Paz amiga Dina, espero que a luz que tu sempre almejou esteja em tua vida!!! White Jay- Companhia Pesada do Improviso.

Por: White Jay- Psiquiatra da rima – Em: 18/07/2010 19:30:54


eu aomr a musica na dina estou muiot trite q ela morreu .q ela esteje com deus

Por: raquel – Em: 16/04/2010 15:33:39


Voces, tao de brincadeira,nao? que mente esplendida o rap perdeu pra morte. Somente Deus pra nos amparar nessa hora de trizteza. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manha… meu sauve pra toda a familia de dina… Guereira que merece o gremy, o trofeu da eternidade, mas com certeza estara tocando nos nossos coraçoes e ouvidos… De rloco de patopolis-mg.

Por: rloco/dca – Em: 01/04/2010 16:18:21


Ai fco 100palavras perante o fato acontecido que por falta de estrutura no sistema de saúde publica mais uma vez veio a ceifar uma vida de uma grande guerrera que no mais alto patamar feminino que é o ato de dar á luz ,dom divino dado por DEUS as mulheres, Dina Di se foi,mais ai O PAI tudo sabe nem uma folha cai sem por Ele for permitida… Visão de Rua um dos primeiros raps que eu escutei acompanho a tragetoria do grupo desde o primeiro cd rap 100% feminino original nacional Dina Di , Visão de Rua na moral tiu…fase o que ai entre a dor e saudade prefiro guardar suas canções…

Por: Tiu Pep Poeta bandido – Em: 30/03/2010 23:47:35


faltou a coletanea, na mira da sociedade, foi onde conheci o som do visão de rua…sem palavras

Por: abel – Em: 30/03/2010 10:53:41


Nem mesmo o fim de alguem tão importante de uma forma trágica poderá dar início a união necessária na mente daqueles que a pregam. Marcão 2H DaRua

Por: marcos ramos – Em: 30/03/2010 10:01:07


Descanse em paz guerreira vai fazer muita falta pra nós todos …descanse paz fika com Deus DOUG LA MÁFIA

Por: DOUG LA MÁFIA – Em: 29/03/2010 21:08:31


Sempre ouvi falar dela, mais em um evento da semana da mulher em 2009, em guarulhos tive oportunidade de connhecela e me fez vela como uma mulher de luta firme e vitorios, pessoa de ideia firmeza e simples . Que Jesus fortaleça seu marido e sua filha. e que sempre se lembrem o quanto ela os amava!!! Paz

Por: Luiz Fernando Dj. e B.boy Evanjelico de guarulhos – Em: 29/03/2010 14:38:24


Morre mas uma Referencia, fica sua Historia. Representou com orgulho o que é ser Mulher e Mc. Rimou com classe o que é o sistema e a sociedade que vivemos, como ja diz a Homenagens morreu pela falta de humanização do nosso sistema de saúde. vai uma mulher que deixa uma pequena semente que com certeza vai carregar nas veias o mesmo dom da rima e do que é ser dororozamente privada do prazer da companhida da sua Mãe. Vai Dina Di foi cedo.

Por: Dama – Em: 28/03/2010 09:17:06


Infelizmente perdemos a maior voz do rap feminino pra mim foi um back quando eu vi a noticia na nét mais éla esta em um bom lugar ao lado de Deus q Deus o tenha Gerreira vc vai deixar muitas saldades adeus Dina Di

Por: Rapper Tom (Esquadrão do Rap) – Em: 27/03/2010 21:48:26


“O RAP NACIONAL CHORA… MAS A RIMA DELA É , E SEMPRE SERÁ DIGNA DE VITÓRIA!!” AJ

Por: Alex Johnny – Em: 26/03/2010 10:49:24


GANHAMOS UMA ALIADA NO CEU..

Por: dj estranho – Em: 24/03/2010 20:51:06


paz dina dee.. sua letras estarao presente no meu coraçao eternamente..e de tds q te admiravao!

Por: aleks – Em: 24/03/2010 02:39:47


é dificil de acreditar mas a vida nos prega cada peça é lamentavel mas se foi uma guerreira que levantava nossa bandeira hoje o rap chora, mas vai em paz guerreira!!!!!!!

Por: Blade – Em: 23/03/2010 20:36:28


…Que droga…isso não pode ficar assim! temos que lutar pelo certo. Dina Di e outros que morreram tbm corriam pelo certo… O Brasil só favorece os ricos…O Brasil com tanta riquesa não merecia isso!!! Fica com Deus Dina DI e que Deus a coloque em um Bom Lugar!

Por: lank – Em: 23/03/2010 12:54:41


MUITAS VEZES ANDAMOS POR LUGARES QUE NÃO IMAGINAMOS UM DIA VOLTAR… A SAUDADE AUMENTA A AGONIA, TRANSFORMA O DISPERO DA PERCA, QUANDO A ALMA SE VAI O CORPO PADECE… AS LEMBRANÇAS TUMUTUAM O ESPAÇO DEIXADO VIDAS SE PERDERAM DIANTE DOS HOMENS PERANTE A TERRA, OUÇA VOZ DO CRIADOR… E DESCANÇE EM PAZ ETERNAMENTE DINA DI SAUDADES MIL

Por: PRETTOWILL – VERSÃO POPULAR – Em: 23/03/2010 11:31:28


dina hoje por ti minha alma chora!!!vc foi e é uma grande guerreira q luto batalhou muito na sua vida,e passar pelas dificuldades q vc passou na vida e resistir perante a tudo o q aconteceu,vc é uma mulher guerreira.muitos no seu lugar cometeriam o próprio homicídio,mas como vc própria dizia: verdadeiro amigo é como um abrigo tem partes nas vitórias, esconderigio contra as tempestades nos piores momentos minha alma chora… embora onde vc está a paz vai reinar e a dor vai passar… dina eu espero q sua filha aline se espelhe-se em vc, pq ela é filha da rainha Dina di. meus sentimentos e aos famíliares meus pessamos!!! muita paz e vc está eternizada em nossos pensamentos!!! perdemos uma combatente guerreira,mas ao sistema só tenho a dizer q temos guerrilheiros de sobra com muita munição verbal!!! isso ñ pode ficar impuni!!! salve guerreira minha alma chora.!!!

Por: gilmar ddr – Em: 22/03/2010 18:52:37


Grande mulher, representava muito no rap nacional, q esteja em paz ao lado do Senhor. Sinto muito tristeza neste momento Meus sentimentos aos familiares.

Por: Vanderléia – Em: 22/03/2010 16:44:42


Recebi a noticia hj via orkut, um xoque é claro, a mina era zica, só espero no momento que ela tenha a PAZ q tanto desejou, e é akilo né a tristeza fik, o HIP HOP sempre fik mais franco com a perda de uma peça tão importante quanto ela era, ou melhor é!

Por: Tiaguinho – Em: 22/03/2010 15:21:43


Até agora não consigo entender a Vida, mas sei q todos temos uma Missão e tenho certeza q a Dina cumpriu a sua, suas idéias jamais c apagarão, a 1º vez q escutei sua voz, seu som e seu talento, foi em “Confidencias de uma presidiaria” q saiu em uma coletania, e tive o privilégio de assistir esse show com a antiga formação q era ela a Mc Jam ” Tum” e DJ OD nesse dia trocamos varias ideias e ela estava com 8 meses do seu 1º Filho, mas fui conhecer mesmo de verdade qndo minha velha truta Lauren entrou para o Grupo, elas fizeram um show aqui em Mogi e mais uma vez tive o privilégio de leva-las para a passagem de som ,para o Show e passar a noite inteiro com ela, o Chuck e o resto do pessoal q tava envolvido, descanse em Paz Guerreira, suas rimas servem de exemplos para muitas mulheres q deus te abençõe..

Por: $uspeito – Em: 22/03/2010 14:57:18


assim como eu as minas que curtem e admiravam di nadi estamos muito tristes por essas perda meus sentimentos a família e que sua filha cresça com muita saúde

Por: cris – Em: 22/03/2010 14:09:21


Que ela descanse nos braços de Deus.

Por: djedgusto – Em: 22/03/2010 13:31:15


Estava pronto para + um show em minha cidade (Aracaju) quando recebi a noticia… Homenagiamos a GRANDIOSA DINA DI com uma musica cantada pelo grupo “La Femina”, mulheres que cantam Raphoje, por que viram que era possível através Dela. Descanse em PAZ! Hot Black.

Por: Hot Black – Em: 22/03/2010 12:45:37


Que tristeza … Já te deu vontade d qndo ver Deus dizer , nessa c deu mancada ? … =(

Por: Naty – Em: 21/03/2010 23:20:07


Foda……. Descance em Paz!!! Parece que só iremos encontrar o sonho da paz somente após a morte. Sistema falido do caralho.

Por: Alexsandro (vulgo ZóiLoko) – Em: 21/03/2010 22:42:28


Mais uma grande baixa em nosso exercito do Hip Hop Nacional!

Por: Vinicius Billy – Em: 21/03/2010 19:58:43


Falo directamente de Angola (Luanda) Acesse www.mbalanguimbi.blogspot.com vou postar essa informação lá para o pessoal de angola se aperceber de q uma das nossas guerreiras se foi : abraços a todos familiares e fiquem na paz

Por: Jonasvara – Em: 21/03/2010 19:56:35


Dina eu não conhecia mas enfim ninguem merece né a morte é injusta eu gosto de RAP e faço rap e desse jeito claro q perdi uma das minhas guerreiras dessa cultura e tudo q eu tenho a Dizer é: “Dina Discansa em paz q eu um dia vamos se encontrar”

Por: Jonasvara – Em: 21/03/2010 19:54:06


O RAP perde mais uma guerreira ,mas nesse momento ela deve estar trocando mó ideia com o Sabota , e com certeza ela ta lá de cima horando por nóis aqui na terra . Eu to no rap á uns 13 anos e eu sempre tive um sonho q é sentar no sofa colocar o meu futuro filho nos meus braços e cantar a musica “Meu filho minhas regras” ,se Deus permitir eu vou relizar. O RAP TA DE LUTO

Por: hamilton – Em: 21/03/2010 19:37:27


dina di a voz do rap feminino ja curti varias musicas dela eu sou um fan incondicional p.a.z os bons morrem jovens a morte nao e uma falha falo falo missao cumprida{ irma de cela conbfidecias de uma presidiaria vc e filha do rei deveria ser decretado luto no rap nacional…..

Por: kbuuu – Em: 21/03/2010 17:33:09


NÃO ACREDITO!!!!! Que Deus a tenha em seu Reino!

Por: Zulu PoA – Em: 21/03/2010 15:51:53


Não temos palavras para descrever essa desgraça que ocorreu com a Dina Dia,com o Rap Nacional, a sensação é que perdi um parente, pois a Dina Di sempre lutou pelo bem, espalhando sua bondade atráves da música. Dina Di esteja na presença de Deus, lugar que você merece, pois aqui estaremos orando por você e sua família que nesse momento de dor chora por você. Que Deus ilumine a sua alma, continue sua missão ai no céu. Que Deus abençõe e amenize a dor de sua família. Prof. Alexandro

Por: ALEXANDRO – Em: 21/03/2010 15:23:37


saudades dina,deus tenha vc em um bom lugar…

Por: roccafillaz tha p…! produça – Em: 21/03/2010 13:11:42


Somos assim , precisamos de vozes fortes pra nos guiar. a favela que conhece o rap chora. Paz Dina

Por: don Ci – Em: 21/03/2010 12:05:49


uma guerreira que na terra fez seu papel mulher de verdade,humildade…ganhamos no céu um anjo forte que irá nos interceder…paz dina di…

Por: adriano.royal – Em: 21/03/2010 11:55:24


ACREDITO eu q não existe ninguem eterno porq se não ficariamos pra sempre.MAS existem pessoas que conquista o povo e adquire respeito não so pelo que faz mas sim pelo que é. DINA DI sempre serar lembrada do RAP assim como BOB MARLEI no REGGAE. FOI uma grande peça que o RAP nacional teve assim como o maestro SABOTAGEM…

Por: mc sardinha – Em: 21/03/2010 11:21:03


AI … NAMORAL… SEM DEMAGOGIA.. O HIP-HOP RESGATOU .. UMA MINA DE TALENTO DE UM MUNDO DE SOFRIMENTO. MAIS A NIGLIGENCIA POLITICA EESTRAGOU TD. VIDA MEDIOCRE … MAIS QEM .. PODE CONTESTAR AS VONTADES DE DEUS. DINA…ESTEJA EM PAZ AONDE ESTIVER..

Por: DJ BILLY – Em: 21/03/2010 08:58:19


Esteja em Paz…Aonde Estiver Dina Di…. Representou e sempre representará nosso Rap Nacional….Porta voz feminina no Rap….Exemplo para mtos… Vc vai fazer tanta falta…como nada nunca fez… Descanse em Paz…

Por: ABRACADABRA – CXA – Em: 21/03/2010 03:40:37


Hoje estava tudo indo bem, ate ler essa noticia, estou pensantivo odeio sentir esse sentimento, bem parecido com que senti quando o DJ Primo morreu, a diferecença é que eu conheci o primo, mas mesmo sem ter a conhecido sempre me senti muito proximo dela, pois foi um dos primeiros sons que ouvi de rap nacional, lembro ate hj o clipe visão de rua – irmã de cela passando no YO RAPS.. Po muito foda, perdemos mais uma, deus é foda ele sempre quer os melhores para ficar peto dele …. É isso ela esta bem, a onde estiver, pessoa boa me ensionou a amar e sonhar com o rap, eu e a muitos que ama essa parada desesperadamente como ela amava… PAZ….

Por: Diamantee – Em: 20/03/2010 23:51:53


com toda certeza, uma das noticias mais tristes de todos os tempos onde uma GUERRERA uma mulher, uma mãe, uma amiga incoparavel,se vai, uma imensa perda pro rap nacional, e pra todos noiz , mais foi pra perto de DEUS onde existe a paz, que todos aqui buscamos, que Deus fortaleça seu familia e amigos! VAI COM DEUS GUERRERA ETERNA DINA DI

Por: bia – Em: 20/03/2010 23:25:38


Dina Di com sua musica “Marcas da adolescência” marcou uma grande epoca de nossas vidas sofremos hoje aqui na produçao em todos os sentidos . Dina Di era a forca das mulheres no Hip Hop Brasileiro DEUS abencoe . Dina Di bkn

Por: Bkn Music Brasil – Em: 20/03/2010 23:13:09


Nos deixou não só saudades, mas muitas letras de atitude e muito Swing. Chock só mando vibrações positivas para cuida desse pequeno grande ser, fruto de uma realidade imortal. Paz e Equilíbrio onde estive, descanse em paz Sista Dina Di.

Por: Dj Gug – Versu2 – Em: 20/03/2010 23:11:22


Faço do comentário de TODOS os meus. Descanse em Paz Dina Di

Por: Sala 70 – Em: 20/03/2010 23:07:20


Conheci a Dina em 2002 na produção do Hutúz. Na época disse a ela que tv realizando um sonho e ouvi dela a seguinte frase: “não viva a vida só de passagem..acredite..faça..faça da sua maneira sempre com a verdade..” “Fiquei Muito Triste com A Noticia da passagem,De Uma das Pioneiras do*Rap FEMININO no Brasil Nós da família West Coast Conseguimos Produzir O Evento”BEM VINDO AO RIO”Na Lapa(Febarj) Com A Junks,Produto Do Morro,Brutal Crew e Me Senti Realizada em ter trabalhado com essa grande artista Muito conforto aos filhos deixados por ela e a toda a família. Ela se foi hj e deixou uma nova luz. Como disse a Refém..Eu aqui no Rio de Janeiro juntamente com todas as outras mulheres guerreiras do Brasil manteremos a memória e o trabalho da Dina Di vi…vos.”

Por: Queen Odara – Em: 20/03/2010 22:05:57


A Dina Di sempre será um grande exemplo no Rap. A saúde pública brasileira é responsável pela falta que a Dina faz . Vamos prestar atenção nisso Brasil. Paz Dina Di!

Por: Gislene Afro – Em: 20/03/2010 20:46:35


Respeito e Paz pra Dina Di.Eterna Noiva…

Por: Preto – Em: 20/03/2010 20:45:30


SEMPRE FUI FÃ DA DINA DI…PELAS SUAS LETRAS RELATAREM UM POUCO DA MINHA VIDA…UMA DELAS É MEU FILHO MINHAS REGRAS…QUE É A HISTORIA MINHA NA VOZ DA DINA DI…TIVE O PRAZER DE CONHECE-LA PESSOALMENTE EM SUA CASA…COM UMA HUMILDADE IMENSA…ME RECEBEU MUITO BEM…ALIAS ENCOMENDEI COXINHA…MARAVILHOSAS COXINHAS QUE ELA FAZIA….FICA AKI UMA SAUDADE IMENSA….UMA DOR IRREPARAVEL….UM VAZIO NO RAP NACIONAL….ESTEJA EM PAZ DINA DI……NOSSA ETERNA GUERREIRA DE FÉ!!!

Por: NATALIA – Em: 20/03/2010 20:10:53


Fico triste, ela tinha muito pra mostrar. uma carreira com muitas musicas boas e letras mil grau. ensinou muito marmanjo a respeitar a mulherada

Por: Força Sul – Em: 20/03/2010 20:09:51


Eu ainda estou perplexo com tudo isso, pois não é facil de acreditiar que uma pessoa como a Dina Di morreu, mas a morte é assim mesmo. Acompanhando de longe a trajetória dessa mulher guerreira, tenho a impressão de que as dificuldades nunca deram um só dia de folga para essa guerreira. Parece realmente que a vida imita a arte. Protagonista de sua propria história, Dina Di narrava com competência e talento os fatos de vida e da viad de muitas outra mulheres brasileiras. Enfim … fica o seu legado, que foi além da sua boa música, a sua personalidade forte, sua luta diária. Fica em paz guerreira, mãe, mulher, batalhadora e brasileira!!!

Por: Paulo Brazil/STN-Amante do Vinil !!! – Em: 20/03/2010 19:45:05


A familia do RAP nacional fica triste com a noticia, Dina Dee de Campinas para o mundo, uma guerreira que sempre colocou seus ideiais a frente do dinheiro, sempre lutou pelas mulheres no RAP…o RAP perde alem de seu talento, sua militancia e a sua coragem…descanse em paz

Por: Alex Bahia – Em: 20/03/2010 19:32:57


Perdemos umas das maiores personalidades do Hip Hop Brazuca. Mulher guerreira que sempre lutou em prol da verdaeira informação. ESTOU TRISTE SIM……….. O Mundo não só gera problemas como é muito injusto também…

Por: DJ KURTS – Em: 20/03/2010 19:00:02


Caramba…hoje mesmo estava vendo umas fotos dela e me lembrei dakele som “Marcas da adolescência” com a participação do Lakers…Meu , 100 palavras , Dina Di onde vc estiver querida esteja em paz!!!Aos familiares,filhos e marido meus sentimentos e muita luz!!! Adeus Dina Di

Por: DON XAND RAPERO – Em: 20/03/2010 18:39:10

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.