Memória BF | ‘De La Soul Is Dead’, segundo álbum do trio completa mais um ano

0
1

Sempre que falamos sobre discos ou relembramos clássicos aqui no site, deixamos para o final o streaming do álbum completo. Desta vez vai ser diferente, primeiro você dá play e se quiser continue lendo. Senão é só ouvir e o álbum vai mostrar o porquê de ser um dos mais importantes da história do Rap.

‘De La Soul Is Dead’ é o segundo álbum do De La Soul, trio formado por Posdnuos, Trugoy e Maseo, mais um com a produção do lendário DJ e produtor Prince Paul. O disco, que completou 29 anos essa semana, teve dois lançamentos – em 13 de maio de 1991 foi lançado no Reino Unido e um dia depois (14/05) foi lançado nos Estados Unidos.

Um dos grandes destaques – talvez o maior destaque – é a habilidade de Prince Paul na arte de samplear. Mesmo tendo sofrido um processo por um sample utilizado no disco de estreia do trio, o ‘3 Feet High and Rising’, Paul seguiu a fórmula de combinar múltiplos samples em uma mesma faixa, chegando a quase 100 trechos ou frases de outras músicas.

O processo no primeiro álbum veio por parte do grupo The Turtles. Foi usado no disco um trecho da música “You showed me”, no interlúdio “Transmitting live from Mars”, clique no título e ouça, essa pede para ser sampleada e custou mais de $ 1,5 milhões de dólares o acordo, apesar do trio já ter dito que não chegou a tanto.

PUBLICIDADE – CONHEÇA A LOJA CENTRAL GIRLS E FORTALEÇA QUEM APOIA O NOSSO TRABALHO

Se continuou lendo sem dar play no álbum, dá o play no vídeo do primeiro single, a música “A roller skating jam named (Saturdays)”. Tem participação de Russel Simons, Q-tip (A Tribe Called Quest) e da maravilhosa Vinia Mojica, indico pra vocês qualquer Rap que tenha a participação dela. Eu poderia ficar ouvindo essa música o dia todo, ela tem alguns remixes, um deles traz os membros do A Tribe, Q-Tip e Phife, com Dres do Black Sheep – todos eram da Crew Native Tongues.

Assista ao vídeo do single

São 27 faixas, muitos interlúdios e skits, já que entre as músicas eles colocaram “fã e hater” pra debater sobre o trabalho do grupo, além da rádio WRMS, que só toca De La Soul na programação. Essa ideias, o título e a foto da capa fazem parte de um conjunto de respostas que eles resolveram dar sobre o estereótipo “paz e amor” criado com o sucesso do primeiro disco. Por muitos eles foram considerados os “hippies do Rap”, devido a foto da capa, aos temas de algumas letras, o estilo e até pela musicalidade. As três rosas murchas dentro de um vaso quebrado, juntamente com o título, são na verdade uma provocação irônica, uma resposta a algo que eles nunca foram, no caso “hippies”.

Assista o vídeo do segundo single do álbum “Ring ring ring (Ha Ha Hey)”

Poderia dizer que nos dias de hoje esse é mais um disco que dificilmente seria lançado nas plataformas digitais de forma comercial. E realmente, tanto é que os primeiros discos do De La Soul não são encontrados nas plataformas e o motivo são a liberação dos samples.

Você vai encontrar alguma coisa na internet, assim como esse streaming do YouTube que coloquei aqui, mas são links que a qualquer momento podem cair, até serem postados novamente…e assim segue.

O álbum teve mais dois singles lançados juntos – “Keepin’ the faith” (também com a maravilhosa Vinia Mojica no refrão) e “Millie pulled a pistol on Santa”, essa foge um pouco da característica deles, fala sobre uma menina que foi abusada pelo pai e acaba o matando enquanto ele trabalha como Papai Noel (Santa Claus). A dupla Atmosphere fez uma música inspirada nessa faixa, como uma continuação, clique aqui e confira.

Assista ao vídeo de “Keepin’ the faith”

Finalizando, o vinil tem apenas 22 faixas, já o CD conta com 5 faixas bônus, são elas: “My brother’s a basehead”, “Who do u worship?”, “kicked out the house”, “Not over till the fat lady plays the demo” e a irônica “Afro connections at a hi 5 (In the eyes of the hoodlum)”.

Nessa última eles fazem uma sátira com os “gangstas” que acabaram se rendendo a indústria e começaram a fazer músicas mais “leves”.

Confira uma Mixtape Especial com os samples utilizados no disco

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.