Resistência Sonora #10 | Entrevista com Jé Versátil sobre o álbum ‘A Cada Escolha Uma Renúncia’

“É muito fácil falar de quem tá lá no alto, eu vou falar de quem tá do meu lado, quem tá no alto não vai lembrar de você.”

Essa é uma das frases ditas pelo convidado da 10ª Edição do Programa Resistência Sonora. Ele é da zona leste de São Paulo, um legitimo representante da música periférica. No Hip Hop desde 1998, fruto do projeto Parceiros do Futuro, onde conheceu a Cultura Hip Hop.

Em 2002 ele abreviou seu nome e acrescentou a ele sua facilidade para desempenhar várias funções, daí surgiu o Jé Versátil. Fez parte do Código 44, grupo do César Hostil (Cesão) outro representante do Hip Hop da zona leste de SP.

Influenciado no beat box pelo ator Michael Winslow, que ficou famoso pelo papel do Sgt. Larvell Jones da Loucademia de Polícia, Jé atuou mais como beatboxer no início da carreira. Além da sua versatilidade, ele é muito criativo e faz parte dos poucos MCs que tem uma espécie de bordão, você sempre vai ouvir em suas músicas, vídeos, lives e shows a frase “Jé Versátil, sempre coisas maravilhosas”. O bordão foi dito pela primeira vez na voz do Criolo, em um evento no Rio de Janeiro e ai ele aproveitou e utilizou isso como sua marca registrada. Daí pra frente ele passou a usar como vinheta, usando também a voz do menino Davi, que quando gravou tinha em torno de 4 anos.

Assista ao vídeo da faixa “Logo mais”

Seu segundo álbum solo foi lançado durante a pandemia, no dia 17 de julho, e o título é ‘A Cada Escolha Uma Renúncia’. A capa é uma ilustração criada pelo Grafiteiro Sow e traz várias referências a vida na cidade grande e uma homenagem singela ao skatista Marcelo Akasawa (NG – Nype do Gueto), amigo do Jé, muito respeitado na Cultura Underground, no Rap, no Graffiti, no Skate, na pixação, etc. Akasawa nos deixou em maio de 2017, eu faço questão de citar ele aqui no texto também, pois foi um grande artista, um amigo, irmão de rua, um guerreiro, nosso Samurai.

www.centralhh.com.br
CLIQUE NO BANNER E ACESSE A LOJA

O álbum é muito bom, recebi o material antes de ser lançado, ouvi bastante e continuo ouvindo. Versátil mandou bem nas letras, na produção e ainda conseguiu reunir vários nomes de peso do Rap brasileiro. Ieda Hills, um dos nomes mais importantes do nosso Rap, muito conhecida por cantar refrões famosos, mas também uma rimadora nata, desde o tempo que era conhecida como Ieda Paradise, do grupo Rap Paradise, foi uma das convidadas. Com ela Jé fez a faixa “Protagonistas” que poderia muito bem se chamar “Pretagonistas”, pois são uma mulher preta e um homem preto mandando um papo reto.

Ouça também seu 1º álbum – ‘Até Aqui Me Ajudou o Senhor’ (2015)

Em outra faixa reuniu Markão, Cacau e a produção do DJ Raffa. Cacau, que nunca havia gravado com o DJ Raffa, também realizou uma vontade antiga. Com eles Jé gravou a faixa “O legado”, título totalmente conectado aos convidados e os scratches são do DJ Elvis.

Um disco de total respeito aos mais velhos. A primeira faixa a ser lançada, com vídeo, foi a regravação da música “Inspiração transpiração” do mano Vandré Na Base da Fé, outro MC da zona leste. Além da participação de Vandré, no vídeo ele faz uma homenagem ao Athaliba Man, considerado um dos melhores compositores do Rap nacional.

Assista ao vídeo de “Inspiração transpiração”

O álbum é bem completo, valoriza o trabalho do DJ, tem protestos, reflexões, romance, alegria e muita descontração. Outras participações de MCs da mesma geração do Jé acontecem na faixa “Em busca da evolução”. A letra é baseada em uma ideia de 2002 que ele criou com César Hostil, que participa da faixa junto com Malokeiro Anônimo, Rodrigo Nonato, DJ Elvis e a produção é do DJ Dablyo. Além das participações de muitos músicos, ainda tem Pamelloza, Rodrigo Buga, Elida Olmedo e Darcio Moura.

Entrevista feita em 02.08.20, confira na íntegra

Ouça o álbum ‘A Cada Escolha Uma Renúncia’

Ouça e siga a Playlist Especial #ElasNoBF

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.