Rodrigo Nonato levanta bandeira do boombap rap

10957548_752651981488787_593844950_n

Integrante do grupo Dragões de Komodo prepara disco solo e lança videoclipe que celebra as batidas pesadas. Se liga na ideia que RODRIGO NONATO trocou com o BF.

Bocada Forte: Esse som faz parte do seu CD? Seu novo trabalho vai ter a mesma concepção deste single?
Rodrigo Nonato: Sim, essa música faz parte di meu primeiro disco solo. Não quero criar esteriótipos, apenas estou fazendo um disco voltado ao boom bap, porque é o estilo de batida com que eu mais indentifico. As próximas músicas são na mesma concepção de rimas pesadas e sobre o bom e velho boom bap.

Bocada Forte: Sua letra traça um panorama crítico da lírica de muitos MCs. Como acha que está a cena hoje? Falta letra boa?
Rodrigo Nonato: A cena do rap está cheia de MCs bons, tá ligado? O que falta para muitos é saber trabalhar a divulgação das músicas, se preocupando em fazer produções de alto nível e videoclipes assim também. Como saber levar um produto de alta qualidade para seu ouvinte. Não estou no rap pra atacar outros MCs. Nesta música, faço uma viso, uma crítica para que eles se preocupem mais com o que estão cantando, porque música tem o poder de transformação, sacou?

Bocada Forte: Acredita que conseguiria fazer algum som em beats do momento, no estilo trap, por exemplo?
Rodrigo Nonato: Não só conseguiria, como fiz. No novo disco do meu grupo, Dragões de Komodo, tem um trap. O problema não está no estilo de batida, está no que você fala sobre ela. A molecada das quebradas precisa de ajuda. Os jovens estão morrendo nas drogas, no crime. Eu entendo que o rap pode fazer a diferença na vida deles, assim como fez na minha, tá ligado?

Bocada forte: Quais são os principais grupos daqui que seguem a linha que você faz? Poderia indicar alguns?
Rodrigo Nonato: Vários irmãos fazem essa linha rap aí, mas posso citar alguns pra você: Filhos do Leão, Família 4 Vidas, Caos do Subúrbio, P2, NorowestNigas, Xemalami, Clube do Berro e vários outros irmãos que curtem esse mesmo estilo de batida. E que fique bem claro, mano, isso não é divisão no rap. É apenas fazer o seu som no estilo de batida com que você mais se identifica. No meu caso, é o boom bap, mas curto todos os estilos de rap, táligado? “Nóis” é tudo do mesmo quintal, não tem que dividir o bagulho, saca? Eu só levei a sério o tema boom bap nessa música e nas produções do meu disco por seu um estilo que me identifico muito, sou apaixonado. É isso.

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.