‘Só tô de luto pelos critérios que tão caindo’ | Ouça Aori em sua nova música ‘Xx/Xx’

Com produção de Makalister e DJ Tuna13 nos scratchs, o MC Aori acaba de lançar uma música nova, com vídeo, a faixa “Xx/Xx” (20/20). Em menos de 1 minuto e 30 segundos de rimas ele disse muito mais do que vários pseudos MCs juntos em mais de 15 minutos de rimas. Ele não perdeu o jeito e a essência continua a mesma, sempre valorizando os DJs em seus Raps. Sem ser cínico, ele se coloca, com razão, entre os melhores, dois cariocas e um paulista – Black Alien, Marechal e Kamau.

Airá O Crespo e o seu Graffiti em referência ao ocorrido na Lapa (clique para ampliar)

A música é pesada e entre tantas referências ele cita um mal entendido que aconteceu na Lapa há alguns meses, mais precisamente no final de novembro/2019, envolvendo um amigo e conhecido de todos que frequentam a região. Danilo, vendedor de bebidas, teve um desentendimento com a proprietária de um bar, houve discussão, briga e Danilo sofreu até uma tentativa de homicídio, com tiros disparados em sua direção – isso foi em 16/11/2019, mas a situação já vinha se desenrolando há alguns dias.

Em 29/11/2019 Danilo voltou ao bar, com a intenção de conseguir as imagens das câmeras para usar a seu favor, não houve acordo, a situação saiu do controle, havia outras pessoas no bar e a polícia enquadrou Danilo como sequestrador. Foi isso que apareceu na TV, em rede nacional, todo mundo vai lembrar de um senhor, um dos “reféns”, saindo do bar com uma garrafa de cerveja na mão.

Aori cita na letra – “Lapa é aquilo / se preciso faço reféns como Danilo / de 20 em 20 gramas aspiro 1 kilo” e no final da música tem as vozes de repórteres narrando a situação. Para saber mais sobre ou até mesmo colaborar com uma vaquinha para ajudar Danilo em seus custos com advogados, clique aqui.

Assista ao vídeo

http://centralhh.com.br/produto/publicidadebf/112455
Anuncie no BF!

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.