2/11: Show Apoio ao Duelo de MCs Nacional

Por: Lu Matsu

Douglas Din, Rashid, Slim Rimografia e Thiago Beats, participam do show “Uma batalha de todos nós”, no próximo domingo (02), em Belo Horizonte. O objetivo é apoiar e gerar recursos para o Duelo de MCs Nacional acontecer em 2014. Sem patrocínio, o projeto aposta no financiamento coletivo para realizar sua terceira edição, mobilizando artistas e público.

Representantes de uma geração do rap brasileiro que iniciou em batalhas de rima improvisada, Rashid, Douglas Din, Slim Rimografia e Thiago Beats estão na luta pela manutenção do Duelo de MCs Nacional 2014 e convidam geral pra somar forças nesse corre. Sem verba, o encontro anual que envolve MCs de oito estados brasileiros na disputa pelo título de melhor improvisador da cultura Hip Hop do país, corre o risco de não se realizar.

eFlyer_Show_Granfinos_InstagramO show acontece durante a festa “Uma Batalha de Todos nós”, dia 02 de novembro partir das 16h, na casa de shows Granfinos, em Belo Horizonte e terá ainda apresentações de dança e discotecagem do DJ Junin Bumbep, residente da Golden Era Hip Hop. Toda a bilheteria será destinada ao projeto.

Pela primeira vez o Duelo de MCs Nacional enfrenta a falta de patrocinadores para o projeto aprovado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Agora procura financiar o evento por meio de uma grande rede de apoiadores, que podem contribuir com a campanha até o dia 10 de novembro pelo site www.catarse.me/duelodemcsnacional.

A CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO DO DUELO DE MCS NACIONAL
Realizado pela primeira vez em 2012, o Duelo de MCs Nacional movimentou uma grande rede em todo o país e promoveu batalhas históricas entre MCs de oito estados brasileiros que disputaram o título de melhor improvisador de Hip Hop do Brasil.

O Duelo de MCs Nacional é resultado do encontro promovido pela Família de Rua em Belo Horizonte que começou despretensioso em agosto de 2007. Desde então, passou a reunir semanalmente milhares de jovens embaixo do Viaduto Santa Tereza e conectar MCs e artistas de diversos estados do Brasil. Hoje o Duelo de MCs é conhecido como um dos mais importantes encontros de Hip Hop do país.

Neste ano, os estados da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, além do Distrito Federal estão realizando suas eliminatórias estaduais de forma independente e elegendo seus representantes para o Duelo Nacional.

O Duelo de MCs sempre foi realizado de forma independente pelo coletivo Família de Rua. Muito rap, dança e grafitti fazem parte da vida e do imaginário de milhares de jovens que vem de todas as partes da cidade se encontrar e se divertir no centro da capital mineira, com entrada franca. Coisa rara nos dias de hoje.

Se nestes anos o Duelo de MCs se manteve sem nenhum recurso, o Duelo de MCs Nacional, em contraponto, precisa de investimento para continuar sendo um espaço de fortalecimento e divulgação da cultura Hip Hop brasileira e das batalhas de MCs em especial.

Vários artistas do cenário nacional da cultura Hip Hop, como Emicida, Marechal, Dj Nyack, DJ KLJay, tem apoiado a causa, repercutindo nas redes sociais a importância de se apoiar o projeto. O momento agora é para contar com o apoio de cada um que sabe a luta e a conquista que é ter essa cultura viva, pulsando nas ruas da cidade.

OS ARTISTAS DA FESTA “UMA BATALHA DE TODOS NÓS”

RASHID
Evolução é a palavra que define os anos de carreira do rapper Rashid, consagrado como um dos nomes mais influentes no rap brasileiro atual. Nascido na zona norte de São Paulo, onde teve seu primeiro contato com o rap, Rashid colhe hoje os frutos de uma trajetória de dedicação, comprometimento e amor ao rap nacional. Aos 12 anos já escrevia sua próprias letras, aos 16 se destacava nas batalhas de freestyle e em 2010 lançava “Hora de Acordar”, seu primeiro EP. Desde então começou a fazer shows ao lado do seu parceiro DJ Mr. Brown e a cada ano lançou um novo trabalho, conquistando multidões de fãs em todo o Brasil. Em 2011 lançou a mixtape “Dádiva e dívida”, em 2012 o disco “Que assim seja” e em 2013 o seu primeiro álbum, “Confundindo os sábios”, que além de contar com colaborações e participações especiais, liderou o ranking de vendas do iTunes durante uma semana. No primeiro semestre de 2014, celebrando a parceria com o rapper Kamau, lançou o EP “R&K – Seis Sons”, que tem todas as faixas escritas, produzidas e rimadas em parceria.

DOUGLAS DIN
Douglas Nascimento da Silva, mais conhecido como Douglas Din, ou somente Din, é um dos grandes MCs brasileiros da atualidade. Seu caminho se confunde com a história do “Duelo de MCs”, projeto que ocupa o centro de Belo Horizonte desde 2007. Filho das batalhas que acontecem no palco do Viaduto Santa Tereza, Din já venceu dezenas de vezes o encontro de todas as sextas. Sua performance nos palcos ganhou cartaz Brasil afora e seu talento lhe garantiu, entre outros feitos, o vice campeonato da “Liga dos MCs”, em 2009, do “Duelo Sangue B”, da MTV, em 2011, e o título de campeão do “Duelo de MC’s Nacional”, em 2012 e 2013. No início de 2014 Din lançou seu primeiro álbum cheio, intitulado “Causa Mor”. A publicação conta com a participação do coletivo Família de Rua e dos MCs Matéria Prima e Vinicin. Sérgio Giffoni responde pela produção de grande parte das faixas do disco, que também conta com as assinaturas de Coyote Beatz e DJ Cost, com quem Din divide o palco nas apresentações.

SLIM RIMOGRAFIA E THIAGO BEATS
Valter Araújo, ou simplesmente Slim Rimografia, tem 35 anos, é paulistano, ativista da cultura Hip-Hop, MC, compositor e produtor. Sua carreira começou em 2002 nas batalhas de freestyle e foi o primeiro artista de rap a vender o próprio disco de mão em mão o que hoje é prática adotada pela grande maioria dos artistas independentes. Após 12 anos no Hip Hop, SR chega mais maduro e seguro e com uma bagagem de 5 discos lançados, sendo que em um deles atuou somente como produtor. Slim Rimografia vem da periferia, não nega suas raízes, tem garra, força de vontade e muito talento. É um homem de mente tranquila, energia positiva e sempre de bom humor, contagiando quem está por perto. É respeitado por quem faz parte da cena, trabalha duro para proporcionar o melhor do RAP aos seus fãs e junto de seu amigo e parceiro de trabalho Thiago Beats, promete continuar invadindo os nossos falantes com o bom e velho Hip Hop de qualidade.

DJ JUNIN BUMBEP
Junin Bumbep é figura carimbada na cena do Hip Hop de Belo Horizonte. DJ com um feeling aguçado e produtor de festas das mais originais, integra uma geração que milita pelo Hip Hop da cidade faz mais de 20 anos. Entre os projetos encabeçados por ele destacam-se as festas “100% Black Music” e “Bumbep”, entre outras. Junin é DJ oficial do Duelo de MCs e do Família de Rua Game of Skate, projetos que o coletivo Família de Rua realiza no espaço público de Belo Horizonte desde 2007. É um dos residentes da Festa Golden Era Hip Hop, desde 2013.

ARTISTAS PLÁSTICOS TAMBÉM INVESTEM NO DUELO DE MCS NACIONAL
O artista plástico, grafiteiro e professor Binho Barreto está investindo na realização do Duelo de MCs Nacional 2014 de uma forma diferente. Ele fez um desenho exclusivo para a campanha e doou o original único como recompensa para a cota de apoio no valor de R$700,00, que também contempla o apoiador com DVD, camiseta e adesivo. Além do original ele imprimiu 50 gravuras da mesma arte que estão na cota limitada de R$60,00. Até o momento restam apenas 30 destas gravuras.

A oportunidade de adquirir obras de artes de grafiteiros conceituados, que tem seus trabalhos reconhecidos nacional e internacionalmente é um dos ganchos que o coletivo Família de Rua encontrou para atrair novos apoiadores para o Duelo de MCs Nacional 2014, que precisa arrecadar a meta de R$25.990,00 (vinte e cinco mil novecentos e noventa reais) para se tornar uma realidade.

Como é o caso do grafiteiro Dalata, artistas mineiros mais reconhecidos nacional e internacionalmente, participando de diversos eventos como a Exposição coletiva “Fine Art” no Museu Mube em S.P; o Festival Amsterdam Holanda; Live Paint na Stroke art fair Berlin Alemanha. Estão disponíveis apenas duas cotas, no valor de R$400,00 (quatrocentos reais), em que o apoiador é contemplado com um pôster intitulado “Castelo”, além da latinha de spray customizada deste artista que é conhecido também por produzir obras em diferentes suportes. Adesivos e CDs também são recompensas desta cota.

Diretamente da Itália, quem também envia sua arte para apoiar o Duelo de MCs Nacional é o grafiteiro DMS. São 20 adesivos, tamanho A3, que estarão disponíveis em cotas limitadas de R$35,00 (trinta e cinco reais). Uma arte diferenciada e permanente está sendo ofertada também pelo grafiteiro Hyper, que está se tornando cada vez mais conhecido como tatuador. Esta é a oferta do grafiteiro para a campanha do Catarse. Duas cotas únicas no valor de R$250,00 (duzentos e cinquenta reais) que dão direito a uma sessão de três horas de tatuagem, além do DVD com o documentário do Duelo de MCs Nacional 2014 e adesivos.

SERVIÇO
Festa “Duelo de MCs – Uma batalha de todos nós”
Quando: 02 de novembro de 2014 – domingo Onde: Granfinos – Avenida Brasil, 326 – Santa Eifgênia
Quanto: R$20,00 (1º lote) / R$30,00 (2º lote) / R$40,00 (3º lote)
Onde comprar: Site: https://www.sympla.com.br/uma-batalha-de-todos-nos__25354
Bilheteria do Granfinos – segunda a sábado – 13h às 18h Para apoiar o Duelo de MCs Nacional 2014: www.catarse.me/duelodemcsnacional
*INGRESSOS COM VALORES MEIA ENTRADA

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.