Muruntau Studio e a força do Rap BA na produção de um coletivo

A MURUNTAU STUDIO É UMA GALERIA DE ARTE QUE, CALCADA NA CULTURA HIP HOP, TEM LANÇADO EXCELENTES PRODUÇÕES NO RAP BA, TRAZENDO UMA NOVA VISÃO

Por Danilo

A cultura hip hop em suas práticas criativas é muitas vezes produtora de visões subversivas, e em outras, se adequa meramente aos padrões da indústria alimentando a cultura do star system. A Muruntau Studio é uma galeria de arte localizada na região metropolitana de Salvador, mas precisamente em Camaçari, que tem buscado pensar e agir de outro modo, o coletivo concebe a produção e a divulgação de seus “produtos” culturais de modo coletivo, e criaram uma forma de deixar isso escuro.

Tomamos contato com parte da produção desse coletivo esse ano, através da faixa “Versátil” que possui uma produção em áudio e vídeo muito boa, e apresenta uma das figuras que estão coladas com a Muruntau: Ceno. E qual não foi nossa surpresa ao acabar de ver o vídeo e clicar em Saber Mais ali no youtube, e perceber que o beat era do King Daka e a produção do vídeo da GoldMinerCo. mas nenhuma informação do artista constava na descrição do vídeo. Corremos atrás e descobrimos a ideia coletivista de produção e a quebra do estrelismo individualista tão comum no mass mídia, que a galeria tenta quebrar.

A região metropolitana de Salvador, é portadora de grandes talentos do rap baiano, e a Muruntau Studio vem apresentando nomes que precisam ser mais vistos e apreciados. Além da produção audiovisual e das tracks e sua distribuição nas plataformas digitais, o coletivo também encampa um projeto muito bacana: O Show Teórico de Hip Hop.

A ideia desse evento que já possui quase um ano e que já contou com duas edições divididas em 4 datas é novamente perceber que a cultura hip hop é uma produção coletiva, onde não existe sobredeterminação de um elemento sobre o outro, e onde o MC é parte de um todo, e não uma estrela a ser subitamente reverenciada. Nos STHH, a programação é divida da seguinte forma:

Exposição de beats (Onde o catalogo de um beatmaker é reproduzido e anunciado), Galeria de Arte (Exposições de Foto, Filme e vivência), Transferência de Conhecimento (Onde alguém que faça algum trampo ligado ao hip hop consiga transferir algo que ele vive nessa área para os demais), Cronista de Ação (Só vendo pra ver) e Exposição Sonora(Show de artistas). Produzindo dessa forma, mais do que o mero entretenimento, a transmissão e a própria criação teórica do hip hop na pratica, na medida em que a comunicação de conhecimento está junto e aliada a diversão.

Mulher e mãe preta, Dent teve seu clipe lançado recentemente pelo coletivo, apresentando a música Ancestralidade. Com influência da cultura ragga e dancehall que pode ser percebida não apenas no flow, mas também nas linhas e conceitos apresentados pela MC, Dent bagaça no beat de BarataPai, com muita versatilidade e força ancestral nas ideias.

A produção do audiovisual ficou linda e mais uma vez é responsa da GoldMinerCo, a mix e master é do mano King Daka. O mano Ceno participa dessa track trap, novamente apresentando bastante consistência nas ideias e nas rimas. Aliás é dele o próximo lançamento, se liguem…

Recentemente o Brasil se escandalizou com a morte da pequena Ágatha, alvejada dentro de um kombi na companhia de sua mãe no Rio de Janeiro. Enquanto o justificado repúdio e indignação era naquele momento direcionada ao genocida Witzel, atual governador nazista do Rio de Janeiro, esquecíamos aqui que a polícia de Rui Corta, reproduz as mesmas práticas. Entre a esquerda e a direita corpos negros tombam. A faixa “Baleado 7 Pedrinhas Boca de Forno”, traz o mc Ceno num Trap pesado, denunciando a morte do pequeno Herbert.

Mas uma criança morta em uma operação da polícia militar do Estado da Bahia, e que não teve o seus assassinos condenados. Assim como o jovem Davi Fiúza que até a presente data não teve o seu corpo devolvido a família, ou seja, a morte de crianças e jovens aqui na Bahia por parte dos agentes do estado não é novidade.

No clipe, a escolha do preto e branco da fotografia não poderia ser mais acertada, por motivos tanto estéticos quanto políticos. A GoldMinerCo, sempre produzindo excelentes videos, para excelentes artistas, o que gera sempre uma satisfação quando damos o play nos trampos da Muruntau.

É isso, como vocês puderam notar, o coletivo tem apresentado lançamentos de muita qualidade e se eu fosse vocês assinava o canal dos caras no YouTube e para quem é de Salvador e região, precisamos ficar atentos ao próximo Show Teórico de Hip Hop.

Enquanto a nova edição não rola, vamos conhecendo outros trampos dessa galeria do hip hop baiana!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.