Rapsody lança primeiro single do álbum ‘Eve’, dedicado às mulheres negras

0
123

Com referências negras e femininas, artista evolui a cada trabalho 

Rapsody prepara um álbum em homenagem às mulheres negras que influenciaram sua vida e que são referência na luta por igualdade. Intitulado “Eve” (Eva), o disco tem lançamento anunciado para este mês.

A rapper afirma que algumas faixas do álbum terão nomes de personalidades femininas. Ela já divulgou um vídeo promocional onde aparecem muitas mulheres negras, como: Whoopi Goldberg, Serena Williams, Michele Obama, Oprah Winfrey e Queen Latifah, que deve ser uma das participações. Ela também está usando na divulgação do álbum o símbolo de um triângulo de cabeça para baixo, que provavelmente será a capa. O triângulo dessa forma refere-se às mães, é símbolo de feminilidade, fertilidade.

“Ibtihaj”, primeiro single do disco, acaba de ser liberado. Produzido por 9th Wonder e com participações de D’Angelo e GZA (Wu-Tang Clan), o som já tem videoclipe. “Ibtihaj” é uma releitura e também uma homenagem à música “Liquid Swords”, de GZA, um clássico da Golden Era. Foi usado o mesmo sample e o flow do refrão.

Siga o BF no Twitter – www.twitter.com/bocadaforte

Ibtihaj Muhammad, atleta olímpica dos Estados Unidos da Equipe de Esgrima, é a figura em destaque na nova música de Rapsody, por isso a escolha de “Liquid Swords” (espadas liquidas). Ibtihaj foi a primeira mulher muçulmana a representar os EUA e usar um “hijab” (o véu que cobre a cabeça e o peito) em uma competição olímpica. Ela também foi a primeira na mesma condição a ganhar uma medalha. Em 2016, a atleta ganhou o bronze nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, na competição por equipes.

[+] Veja uma pequena entrevista com Ibtihaj 

Essa faixa só aumentou e atiçou a curiosidade sobre o que Rapsody está preparando para este disco. A MC vem dando algumas dicas em suas redes sociais e até agora já se sabe que cinco produtores trabalharam no álbum. Falta saber quais são os outros quatro. Este será seu terceiro álbum de estúdio. Se Rapsody mantiver o nível de evolução que teve do primeiro ‘The Idea of Beautiful’ (2012) para o segundo ‘Laila’s Wisdom’ (2017), é uma séria candidata a figurar novamente entre os artistas com os melhores discos do ano.

Assista ao vídeo

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.