Grafiteiro Banksy fez uma crítica ao capitalismo participando do mesmo

0
378

#ReviewsBansky é genial. O anônimo mais famoso do mundo atacou novamente e deixou todo mundo surpreso ao destruir uma de suas obras de arte mais famosas.

O quadro A Menina Com Balão acabara de ser leiloado pela bagatela de 1 milhão de libras (cerca de R$ 5 milhões), quando foi picotado por um cortador de papel escondido.

A ação deixou todos os presentes na sala de leilão em Londres chocados. As pessoas ficaram pasmas ao ver a obra se transformando em pedaços. Funcionários do estabelecimento correram para evitar que o quadro desaparece. E Bansky? Bom, ele tirou onda como de costume.

Seguranças correram para retirar a obra da parede, enquanto o público boquiaberto filmava tudo com celulares. Um homem, assustado como se tivesse visto um fantasma, passou a mão na testa; outro observava a cena chocado, mas com aquele sorrisinho infantil no rosto.

Para quem não costuma frequentar leilões de arte multimilionários (certamente nenhum de nós rs), a pegadinha ofereceu uma imagem inesperada e deliciosa: colecionadores empertigados e vendedores arrumadinhos em silêncio absoluto, e ao fundo o som do dinheiro sendo retalhado. Foda-se o capitalismo

Por causa da repercussão, o artista postou no Instagram algumas pistas sobre os motivos da destruição da peça. “O desejo de destruir também é um impulso criativo”.

Isso é o capitalismo em sua forma mais suja, se vendendo como anticapitalismo?

 

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.