5 artistas que comprovam a diversidade do nosso rap

malucosdorap

Beats inventivos, videoclipes e rimas diferenciadas. Este é o nosso rap. Confira os destaques abaixo:

Paz, coroas e tronos

A parceria entre o produtor Filiph Neo e o rapper Rico Dalasam trouxe o batuque e o groove do samba-funk para mostrar o quanto o rap brasileiro pode ser diferente. “Paz, Coroas e Tronos” é o mais recente trabalho de Dalasam, música que exalta o protagonismo de pessoas comuns que lutam pelos seus objetivos.

Baião de Doi2
Com colagens de Luiz Gonzaga, RAPadura mostra sua relevância no rap brasileiro com o single “Baião de Doi2″.

Jovem negro vivo
A luta contra o racismo e o genocídio da juventude negra é travada diariamente por integrantes da cultura hip hop. Com estilo e personalidade, Marcão Baixada une ideia forte e a estética do rap que está dominando a cena mundial. Forma e conteúdo, lembra? Isso também é lifestyle! Assista ao clipe de “Jovem negro vivo”.

Vivência
Flow simples na cadência de um beat convidativo, é assim que Luciano Arê fala sobre a vida. Évora Meira faz refrão deste som. O clipe “Vivência” foi gravado na Espanha.

Por isso eu vim
Numa conexão França-Brasil, a cantora Marion Lemonnier participa da música do rapper Vinicius Terra. O Beat – com bom groove e brasilidade – é do DJ Machintal. A direção do clipe ficou por conta de Léo Almeida. Assista ao vídeo de “Por isso eu vim”.

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.