Lucas Boombeat supera seus medos no clipe ‘Ser Quem Eu Sou’

0
175

#RapBR #RapLGBT | Lucas Boombeat não sai de casa pra brincar. Uma das vozes contestadoras do grupo Quebrada Queer, hoje também ganha destaque em seus trabalhos solo. O MC, que mostrou toda a força e resiliência das bichas e das LGBT’s em “Guerreiros e Guerreiras” e apontou o dedo na cara de todos os “Hipócritas“, hoje fala sobre um tema difícil, mas também necessário: o medo.

Nessa sexta-feira (26), Lucas lançou “Ser Quem Eu Sou“, o Perfil #71 da Pineapple. Com produção do ViboxLucas começa o som já mandando o papo retíssimo: “eu ainda ando no beco, descendo o beco ou na rua do Doutor/ mas eu levanto o meu queixo, bato no peito e vou/ somos diferentes mesmo, filhos do gueto, Madame Satã nos honrou“.

Em comunicação pessoal, Lucas contou um pouco mais sobre o seu som. “A música fala da conexão entre a minha alma, a Música e quem eu sou na sociedade. Quem eu sou como pessoa, como bicha, como preto, como pobre e periférico”.

“Eu falo dos meus medos e de como eu vou enfrentar tudo mesmo tendo medo. Se estiver com medo, vai com medo mesmo. Ao final, digo que não tenho mais medo justamente por não cantar a vida inteira que tenho medo – eu canto para mim mesmo, para me reforçar a não ter medo, me curando com minha própria música. E, de resto, é o que se desenvolve dentro dessa própria temática que é ser quem eu sou“.

Confira na íntegra o videoclipe de “Ser Quem Eu Sou“:

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.