Inspirado em Belchior, Emicida lança música nova com participação de Majur e Pabllo Vittar

Divulgação

Emicida acabou de lançar mais uma música, a 5ª inédita esse ano, AmarElo com a participação de Majur e Pabllo Vittar.

São várias referências na música. O sample usado é o destaque e o que deu toda direção pra música. Ele usou a música “Um cara de sorte”, de Belchior, como espinha dorsal. Este som foi lançado em 1976 no disco “Alucinação”, o mesmo que tem o clássico “Como nossos pais”. O verso mais marcante da música do Belchior, e que faz sentido pra todos nós em algum momento da vida é: – “Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro / Ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro”.

Siga o BF no Insta – @bocadafortebf

Tanto letra quanto o instrumental são todos construídos em cima de “Um cara de sorte”, tem outras referências que não estão apenas na música, mas também nas imagens usadas no vídeo e na divulgação. Na imagem principal ele usou uma reprodução da capa do primeiro disco do Criolo (então Criolo Doido), “Ainda Há Tempo”, que traz um semáforo com a luz amarela acesa, dizendo “cuidado” ou “atenção”!

O título da música também funciona como a união entre duas palavras – Amar e Elo – que sugere união, respeito e o que pode nos salvar para não morrer novamente esse ano.

Destaques
A participação de Majur foi pra roubar a cena. Canta muito! Só elx, esse instrumental, a ideia principal e nem precisava mais ninguém na música; Destaco também a forma que o sample foi usado. Em tempos em que as plataformas digitais tem coibido o uso descarado de samples, ouvir um Rap fazer o resgate de um som necessário, atual e que ainda é uma jovem música de 43 anos, me faz no mínimo respeitar a iniciativa.

Nem tudo são flores. Se você faz Rap e tem um DJ, permita que ele também fale. Pra isso existem o vinil, scratchs e colagens.

P.S.: No dia 4/7/2019 ocorre o MTV Millennial Awards (MIAW) e a música será apresentada ao vivo pela primeira vez. A transmissão do prêmio será a partir das 22h.

Assista ao vídeo

 

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.