Alt Niss: flor do gueto…

Imagem: Divulgação/Alt Niss prepara sua mixtape de estreia, ainda sem título, prevista para o primeiro semestre de 2018.

Eunice Santiago nasceu no final dos anos 80, na zona sul de São Paulo. Como a mesma diz em Origens, música do grupo Rimas & Melodias (no qual ela também participa) zona sul é paz no caos… família preta tradicional, samba rock, melodia, coisa e tal.

Com a voz suave e extremamente marcante, desde pequena teve influencia dos bailes de “Melodia”, “Flash Back” que sua mãe e seus tios frequentavam, dos discos e sons que sempre rolavam em sua casa. Mais tarde, chamando de R&B, se descobriu inteiramente parte. Percebeu que gostava de cantar lá por volta de 9 anos de idade, profissionalmente aos 17. E como canta…

Em outubro do ano passado, o cypher (encontro de MC’s em rimas conjuntas, como as rodas de freestyle, com versos que podem ou não ser de improviso) Rima Dela revelou vários nomes que já estão na caminhada há anos e anos. Entre eles, está o de Eunice, conhecida como Alt Niss. Na faixa, ela vem com o discurso firme: “Pras nega fé de quebrada, isso aí é só palavra difícil. Comé que fala fia? Feminismo?”

A cantora é a primeira mulher a ser contratada da Boogie Naipe. A notícia foi anunciada na última quarta (7) no lançamento do vinil de Mano Brown, que leva o mesmo nome de sua produtora. Em suas redes sociais a cantora comemorou o convite escrevendo:

“É uma felicidade imensa pra mim ser recebida por uma família que me acolheu sendo a artista que eu sou. Que os caminhos se abram pra esse novo ciclo. Laroyê, obrigada Boogie Naipe!”

Uma das vozes mais significativas do R&B brasileiro agora é Boogie Naipe. Flor do gueto…

Pra quem não conhece, confira o som:

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.