MC Chiefrocker Busy Bee: 57 anos de uma lenda viva

Busy Bee. Foto: Sung Kim

David James Parker (nascido em 26 de outubro de 1962), conhecido pelo nome artístico de Busy Bee Starski ou Chiefrocker Busy Bee é um dos mais importantes MCs da história do Hip Hop.

Não é o primeiro, o maior ou o melhor, mas a sua influência na presença de palco no que nós conhecemos como MCs da Cultura Hip Hop, foi fundamental. Durante os anos 70, até o começo dos 80, os DJs eram o destaque na Cultura Hip Hop, os MCs por alguns anos foram coadjuvantes.

Assista Busy Bee, KRS One e Grand Master Caz no Tributo ao Filme Wild Style

Com o tempo as atenções começaram a se dividir, Busy Bee é o maior responsável pelo destaque que os MCs passaram a ter a partir do final dos anos 70 e começo dos 80. O MC muitas vezes ficava atrás ou ao lado do DJ nas festas, é creditado na conta do Chiefrocker ter levado o microfone à frente do palco e depois disso, tudo mudou. Busy foi o primeiro MC a seguir carreira solo, com seu parceiro DJ AJ, antes disso o que existiam eram apenas grupos, a maioria deles comandados por DJs.

Ouça a batalha entre Busy Bee e Kool Moe Dee

O MC lendário ficou conhecido por suas rimas divertidas, e também pela improvisação, é uma lenda do Freestyle. Sua batalha com Kool Moe Dee, em 1981, é uma das primeiras batalhas a serem gravadas. Ouvindo ou assistindo as suas performances vocês iram ouvir rimas e expressões que atravessaram mais de três décadas e até hoje são utilizadas para animar o público.

Busy Bee em ação. Foto: Reprodução/Google

Em 1983, ele foi um dos destaques do filme ‘Wild Style’, no filme todos esses fatos estão registrados, suas performances, o improviso e a carreira solo em meio a tantos grupos comandados por DJs.

Veja uma das cenas do filme ‘Wild Style’ com Busy Bee

Busy Bee lançou apenas dois discos, ‘Running Thangs’ (1988/clique e ouça) e ‘Thank God for Busy Bee’ (1992), são obras que dificilmente você verá algum DJ ou colecionador ostentar nas redes sociais, não apenas por serem raras, mas também por muitos não valorizarem a sua importância. Qualquer semelhança das suas rimas com a de qualquer outro MC, não é mera coincidência. Em 2018 foi feito um clipe da música “Suicide” (1987), faixa que está presente em seu primeiro álbum, com produção do DJ Jazzy Jay. A música é sobre a sua habilidade nas rimas, resumindo – qualquer um que o desafiasse estaria cometendo “suicídio”.

Assista ao vídeo

Existe uma batalha história entre Busy Bee e Roxanne Shante, que aconteceu em 1985 durante o ‘New Music Seminar’, era o ‘MC Battle for World Supremacy’. Está registrado na história que ele venceu a batalha, mas quem ouvir verá o que talvez seja uma das primeiras grandes injustiças com uma mulher MC, dentro da Cultura Hip Hop.

Ouça a batalha e entenda a injustiça

Ela só tinha 15 anos e estava batalhando com um MC que já era considerado uma lenda, ela não se amedrontou e acabou com ele nessa batalha. Era a final e Busy foi o campeão, entre os jurados estavam Afrika Bambaataa, DJ Red Alert e Kurtis Blow, esse último foi o responsável por tirar o título de Shante. Enquanto todos os outros deram notas altas pra ela, Kurtis preferiu dar nota baixa. Alguns anos depois, de acordo com a própria Roxanne, Kurtis assumiu que deu notas baixas por ela ser uma menina.

http://centralhh.com.br/produto/publicidadebf/112455
Anuncie no BF, clique no banner!

Veja o depoimento de Shante sobre a injustiça

Assista ao vídeo de uma das participações mais recentes de Busy Bee

Assista ao vídeo da música “Express”, do seu primeiro álbum

Ouça a música “House of hits”, com Busy Bee, KRS One e Marley Marl

 

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.