Anos 80: mundo pop uniu Run DMC, Menudo, U2, Kool Herc, Afrika Bambaataa e Kurtis Blow em causas humanitárias

0
35

#MemóriaBF
Nos anos 1980, o rap ganhou popularidade no mundo inteiro e passou a ser parte integrante da indústria fonográfica e da música pop. As origens negras e latinas do hip hop, junto com o a estética das ruas e o protesto da juventude dos guetos chamou a atenção de grandes produtores. Mas o mundão não era só festa na década de 80, vários artistas fizeram sons juntos contra a fome, a miséria e o racismo, e o rap não poderia estar de fora. Muitos conhecem projetos como Live Aid e USA for Africa, mas vamos destacar dois clipes que não tiveram a mesma repercussão, mas têm enorme importância na militância e na cena pop.

1985
Artists United Against Apartheid – “Sun City”

Som militante, totalmente politizado. O clipe é um protesto contra o regime racista da África do Sul nas vozes de Kool Herc, Grandmaster Melle Mel, Ruben Blades, Bob Dylan, Pat Benatar, Herbie Hancock, Ringo Starr, Zak Starkey, Lou Reed, Run DMC, Peter Gabriel, Bob Geldof, Clarence Clemons, David Ruffin, Eddie Kendricks, Darlene Love, Bobby Womack, Afrika Bambaataa, Kurtis Blow, The Fat Boys, Jackson Browne, Daryl Hannah, Bono Peter Wolf, U2, George Clinton, Keith Richards, Ronnie Wood, Bonnie Raitt, Hall & Oates, Jimmy Cliff, Big Youth, Michael Monroe, Stiv Bators, Peter Garrett, Ron Carter, Ray Barretto, Gil Scott-Heron, Nona Hendryx, Lotti Golden, Lakshminarayana Shankar e Joey Ramone.

1986
King Dream Chorus – “King Holiday”

A parada foi feita para celebrar o feriado em homenagem ao líder Martin Luther King. El DeBarge, Whitney Houston, Stacy Lattisaw, Lisa Lisa with Full Force, Teena Marie, Menudo, Stephanie Mills, New Edition, James “J.T.” Taylor, Kurtis Blow, The Fat Boys, Grandmaster Melle Mel, Run D.M.C. e Whodini participam do clipe.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.