O futuro do Hip Hop ressoa nas crianças do coletivo UniVersos (SP)

0
237

LANÇAMENTO: VIDEOCLIPE “EU ACREDITO” DO COLETIVO UNIVERSOS

Depois do fenômeno de compartilhamentos do making off, o UniVersos lança o videoclipe oficial, primeiro clipe das crianças da oficina de Rap do Robertinho Filho do Céu, de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. Em menos de 1 mês, vídeo chegou a mais de 160 mil visualizações e milhares de compartilhamentos, após Edi Rock, integrante do grupo Racionais MCs, compartilhá-lo em sua Fanpage, com a seguinte legenda: “Eu acredito que dias melhores virão. Nova Geração em ação! Salve UniVersos de Rio Preto.” Confira a postagem e o vídeo que viralizou no Facebook:

Assista o clipe oficial de “Eu Acredito – UniVersos”:

Ficha Técnica (Videoclipe):
Produção/Direção: “Produções New Style” de GG One – Jales/SP
Música: Eu Acredito
Gravação: Fermata Records – São José do Rio Preto/SP
Produção e Mixagem/Masterização: Marcos do Vale

Nos últimos meses, algumas questões do Hip Hop Nacional foram levantadas de diversas formas nas redes sociais, acerca de alguns episódios que geraram polêmicas, a respeito da postura e do discurso de alguns MCs, o que desencadeou debates e discussões calorosas entre os adeptos da nova e da velha escola. Até que ponto tal artista representa a cultura ou simplesmente busca ascensão pessoal, com ou sem engajamento ou conhecimento perante a história? Uma pergunta ainda paira no ar: afinal de contas, o Hip Hop está vivo?

Enquanto algumas frentes faziam críticas a alguns MCs da nova geração, no meio de tantas discussões, caiu na rede o making off da gravação de um videoclipe que viralizou, quase instantaneamente, e reforçou a discussão sobre o futuro da cultura Hip Hop na esfera nacional.

O HIP HOP FORMANDO CIDADÃOS

Robertinho Filho do Céu explica seu papel social através da cultura Hip Hop e como nasceu a oficina de Rap para as crianças, a UniVersos:

Nessa caminhada, já cansado de ver os jovens morrendo, indo presos, eu sempre quis fazer algo aqui no bairro. Ensaiando no quintal de casa, meus sobrinhos com alguns amiguinhos começavam cantar junto. Outras crianças passavam na rua soltando pipa, paravam no portão e ficava vendo “noiz” cantar, e aí chamava eles pra cantar junto. Fui gravar meu primeiro clipe em 2014 e muitos viram, depois fiz um evento de lançamento aqui no bairro, e aí várias crianças estendia a mão em direção ao microfone e pedia pra cantar. Foi aí que realmente tive esse discernimento:”Pô ganhei a atenção da mulekada”, e senti no coração de começar me reunir com eles e partilhar um pouco da minha experiência. Nasceu a oficina de Rap e graças a Deus está fluindo, eles estão criando, estão evoluindo, se conscientizando, pois o trabalho não é só aprender a cantar, mas o trabalho na real é: FORMAÇÃO PARA A VIDA CIDADÃ.”

A oficina de rap UniVersos é desenvolvida por Robertinho Filho do Céu nos bairros Parque da Cidadania e Nova Esperança na cidade de São José do Rio Preto – SP, com crianças, adolescentes, jovens e adultos (Fotos: Divulgação)

Atualmente, são crianças de 8 à 14 anos, no total de 20 pessoas.  Os jovens já cantaram em alguns eventos e, na sequência, chegaram maiores de 18 anos pra somar na oficina, que formaram o grupo CDN Crew, do “Parque da Cidadania” na Zona Norte e que lançaram recentemente o clipe deles CDN Crew – Tá Aplicado”.

Assista o videoclipe de “CDN Crew – Tá Aplicado”:

ENTENDA O CORRE DE ROBERTINHO FILHO DO CÉU E O RESGATE DO BOOMBOX

Natural da cidade de São José do Rio Preto – SP, José Roberto Augusto é Educador Social na empresa Céu das Artes e é conhecido nas ruas como Robertinho Filho do Céu. Tomou contato com a cultura Hip Hop ainda criança, por intermédio do padrasto de um amigo na época, que mostrou a música do Racionais “Fim de Semana no Parque”. Nos dias de feira com sua mãe, Robertinho sempre pedia pra ela comprar uma fita (K7) de Rap. Na escola conheceu outros meninos que curtiram Rap, quando escutou a música:“Nada pode me parar” do MC Thaíde & DJ Hum. Influenciado pelo programa “MTV YO Raps”, assistia vários clipes, e começou a se aprofundar mais em conhecer outros grupos.

Perto de sua casa já aconteciam oficinas de Hip Hop e, em meados dos anos 2000, Robertinho começou a fazer as aulas e conhecer realmente a história da cultura Hip Hop, se encantar mais ainda e escrever as próprias músicas. Fez parte dos grupos: “A Liga” (com Ana Paula, Dimas, DJ Basim) e do grupo “Química Perfeita” (ao lado de Di e DJ Paulinho). Anos mais tarde, seguiu carreira solo.

Atualmente, além de ministrar a oficina de Rap, Robertinho Filho do Céu integra um coletivo de colecionadores de Rádios (Boombox) e militantes da cultura Hip Hop chamado BOOMBOX BRASIL CREW, que possui integrantes de diversos estados do país. Nesse coletivo está enraizada a cultura dos 4 elementos (Break, DJ, Rap e Graffiti), onde destacam a cultura do Boombox no Hip Hop.