23 anos do álbum ‘Wrath of the Math’, de Jeru The Damaja

Capa do álbum

Hoje é dia de relembrar mais um grande clássico da Golden Era. Um que é considerado underground. Estou falando do disco ‘Wrath of the Math‘, de Jeru The Damaja, lançado em 15 de outubro de 1996. Este é um dos seus melhores álbuns. Na verdade, seu último trabalho feito em alto nível.

Este é o seu segundo disco, mais uma vez todo produzido pelo DJ Premier, pois Jeru ainda fazia parte da Gang Starr Foundantion.

Em 1996 o gangsta Rap estava no auge. Tupac havia sido assassinado um mês antes do lançamento desse disco. As tretas entre as costas leste e oeste vinham sendo muito exploradas pela mídia e Jeru vinha na contramão, batendo de frente com tudo isso.

Em relação ao Rap, ele deixou bem claro em algumas faixas estar preocupado com a sua verdade e não com o mercado, críticos ou vendas. Jeru disparou rimas, sem meias palavras e em músicas diferentes, contra o The Fugees, Puff Daddy, Bad Boy e Notorious B.I.G e até contra o o Suge Knight. Na faixa “One day”, por exemplo, ele fala sobre o Hip Hop como sendo uma pessoa, que foi sequestrada por Puff e depois por Suge. Na história ele viaja até LA e traz o Hip Hop são e salvo pra sua casa, Nova York. Notorious se mordeu e mandou umas indiretas pra ele na faixa “Kick in the door”, que também foi produzida por Premier e traz rimas direcionadas ao Nas, Ghostface e mais alguns nomes.

Anuncie no BF!

Assista ao vídeo do 1º single do álbum, “Ya playin’ yaself”

São 15 faixas de um MC que por muitos era considerado o novo KRS-One. Se KRS era o “The Teacher”, Jeru se auto intitulou “The Prophet”. Assim como no primeiro álbum, mais uma vez a única participação foi de Afu-Ra, que a partir daí conseguiu ser mais conhecido e seguir uma carreira de sucesso por alguns anos.

Algumas músicas são continuação de faixas do ‘Sun Rises in the East’, como “Revenge of the prophet (part 5)”, “Me or the papes” e “Physical stamina”, essa última é continuação de “Mental stamina”, ambas com a participação de Afu-Ra.

Assista ao vídeo do 2º single do álbum, Me or the papes

Para mostrar a sua preocupação com a fase que o Hip Hop, principalmente o Rap, vivia naquele momento, na contra-capa do álbum está escrito – “Este álbum foi criado para salvar o Hip Hop e as mentes das pessoas que o ouvem. Paz!!”. Ouça, relembre o clássico e salve a sua mente!

Siga o BF no Insta – @bocadafortebf

Assista Jeru falando sobre o disco em 1996

Ouça o álbum

 

Interaja conosco, deixe seu comentário, crítica ou opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.